Círculo Cultura e Democracia promove sessão digital sobre ‘Construir o Futuro em Arouca’. Diretor do Discurso Directo é um dos participantes.

Esta sexta-feira, dia 10 de julho, decorre a segunda sessão do ciclo “Construir o Futuro em Arouca”, subordinada ao tema “Que Mundo queremos depois da Pandemia?” organizada pelo Círculo Cultura e Democracia.

No passado dia 19 de junho teve lugar a primeira sessão de um ciclo de conversas digitais promovido pelo Círculo Cultura e Democracia intitulado “Que mundo queremos depois da pandemia?”

Nessa primeira sessão, “Transformações na gestão do território”, o Professor João Ferrão do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa proferiu uma conferência que revelou uma visão de Arouca que, na opinião dos organizadores, merece ser discutida e aprofundada como ponto de partida para uma reflexão conjunta sobre a construção do futuro em Arouca. É nesse sentido que promovem esta segunda conversa que permitirá ouvir pessoas implicadas em diferentes áreas de intervenção no território arouquense.

Assim, desta vez, numa sessão intitulada “Construir o futuro em Arouca” com moderação de Jorge Gonçalves, Professor da Universidade do Porto, serão intervenientes Carlos Brandão, Presidente da AECA; Cátia Cardoso da Associação 4540 Jovem; Margarida Belém, Presidente da Câmara Municipal de Arouca e Óscar Brandão, Diretor do jornal Discurso Directo, aos quais foi proposto que, partindo do conteúdo da conferência de João Ferrão (que pode ser vista ou (re)vista em www.circuloculturaedemocracia.pt), acentuassem aspetos que na sua opinião mereçam ser debatidos e aprofundados.

A sessão “Construir o futuro em Arouca” será transmitida em direto a partir das 21h30 no site do Círculo Cultura e Democracia – www.circuloculturaedemocracia.pt. A participação síncrona é sujeita a inscrição prévia a partir do mesmo endereço. Aos inscritos será previamente enviado o link de acesso à conversa online. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.