COVID-19: Incumprimento do Estado de Emergência Nacional em Arouca leva Câmara a tomar medidas

COMUNICADO CÂMARA MUNICIPAL DE AROUCA | Neste início de semana, verifica-se, pelo movimento de pessoas e veículos na vila, que os arouquenses não estão a cumprir as determinações e recomendações vigentes resultantes da declaração do Estado de Emergência.

Perante este incumprimento das normas, a GNR irá reforçar a fiscalização de veículos e a abordagens de indivíduos que circulem de forma apeada na vila no intuito de averiguar o cumprimento das determinações e recomendações.

Em caso de violação das normas vigentes resultantes do Estado de Emergência, haverá lugar à detenção dos cidadãos prevaricadores, e o respetivo processo será remetido ao Tribunal Judicial de Arouca.

Recordamos que aqueles que não cumprirem as normas do Estado de Emergência incorrem no crime de Desobediência, crime previsto e punido no art.º 348 do Código Penal – “Quem faltar à obediência devida a ordem ou a mandado legítimos, regularmente comunicados e emanados de autoridade ou funcionário competente, é punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias”.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.