Recital de violino e piano abrilhanta 4º aniversário do Círculo Cultura e Democracia

Foto: Carlos Pinho

Ele, Jun Bouterey-Ishido, nascido em 1990 na Nova Zelândia e ela, Matilde Loureiro, nascida, quatro anos depois, em Lisboa, mas com raízes familiares arouquenses, reuniram-se, precisamente em Arouca, num dos espaços conventuais, no fim da tarde do dia 18 de janeiro, para proporcionarem, a todos os presentes, um belíssimo recital de violino e piano com que a Associação do Circulo Cultura e Democracia quis assinalar o seu 4º aniversário.

Interpretando algumas obras para violino e piano de compositores clássicos do séc. XVIII ao séc. XX, tais como Domenico Scarlatti (1685-1757), Johan Brahms (1833-1897) e Ludwing Beethoven (1770-1827) estes dois talentosos jovens artistas proporcionaram à assistência belos momentos musicais em que o piano neozelandês dialogou harmoniosa e vibrantemente com o violino português, através de uma linguagem que não tem fronteiras, nem temporais, nem geográficas, como o é a universal linguagem da música.

Matilde Loureiro, cujos avós são de Vila Viçosa (Espiunca), ainda interpretou uma obra só para violino do compositor George Enescu, nascido na Roménia em 1881e falecido em Paris em 1955.

Este belíssimo recital foi um excelente e gratificante aperitivo musical que antecedeu o jantar comemorativo do 4º aniversário desta Associação que reuniu à mesa do Hotel S.Pedro cerca de 50 pessoas que se quiseram associar e congratular-se com o trabalho que o Círculo Cultura e Democracia tem vindo a desenvolver em Arouca, ao serviço da dinamização cultural e da promoção da Democracia.

Depois de algumas breves palavras pelo Presidente da Direção, Dr. Adriano Carlos Alves de Brito Lhamas foram distribuídos, a todos os presentes, três livros de poemas da associada Almerinda Teixeira, nascida em Vila Viçosa em 1938 e recentemente falecida.

O recital, com a participação da sua neta e os livros de poemas distribuídos pelo seu marido e filha constituíram também uma singela homenagem do Círculo a esta sua associada.

Refira-se que a gravação do recital estará brevemente online na página da Associação e que o próximo evento ocorrerá no dia 29 de fevereiro, com uma palestra conduzida por Júlio Machado Vaz e pela arouquense Fernanda Mendes, onde abordarão a questão: “Como vai o amor?”.

Texto de José Cerca

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.