Maria Fernanda Miranda Cabral da Conceição, residente na freguesia de Mansores, foi a grande vencedora do concurso da melhor broa caseira, integrado na Feira das Colheitas. Carla Patrícia Quelhas Fernandes arrecadou o segundo posto, e Aurora Santos Rodrigues do Vale encerrou o pódio.

Nesta edição, integrada no programa de festas da 75.ª Feira das Colheitas, participaram no concurso 30 concorrentes, tendo-se verificado 5 desistências por não terem entregue a broa no ato do concurso. Às três primeiras classificadas foi atribuído o prémio de 175,00€; 125,00€ e 100,00€ respetivamente. As restantes receberam um prémio de participação no valor de 25,00€.

O júri foi presidido pela vereadora Fernanda Oliveira, da Câmara Municipal de Arouca, contando ainda com a participação de Cândido Moreira, da Cooperativa Agrícola de Arouca; Susana Vieira, do Restaurante O Pedrogão; Florinda Brandão, produtora local de broa e Ana Oliveira, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte.

O concurso contou ainda com a presença do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, que se congratulou pelo número de broas a concurso, pela beleza e tradição do produto e teve ainda oportunidade de saborear um produto arouquense de excelência.

O concurso “A melhor Broa Caseira 2019” foi organizado pela Câmara Municipal de Arouca, ADRIMAG e AGA – Associação Geoparque Arouca, com o objetivo de incentivar e promover a produção da broa tradicional, sensibilizando a população do território Arouca Geopark para a valorização dos recursos e produtos locais.