“Revitalização da Democracia e Combate à Corrupção” é a próxima ‘Conferência de Arouca’

Revitalização da Democracia e Combate à Corrupção’ é o tema da próxima sessão das “Conferências de Arouca”, integrada no programa de comemorações do 25 de abril em Arouca, que terá lugar este sábado (dia 4 de maio), às 17h, no auditório da Loja Interativa de Turismo.

A democracia conquistada no 25 de abril, para crescer, tem que ser objeto de cuidado, todos os dias, permanentemente, e alimentada com múltiplos ingredientes. Se assim não for, como todo o ser vivo que não é alimentado, também ela tende a estiolar. Daí resultam prejuízos para todos, que nem sempre sabemos avaliar adequadamente, mesmo que alguns possam daí retirar vantagens imediatas.

Um dos seus ingredientes principais é a luta contra a corrupção, que sabemos destruir as bases da confiança, da equidade, da solidariedade e da justiça. Ou se desenha e implementa uma estratégia coerente de combate à corrupção, ou será a própria democracia que, pouco a pouco, vai sendo esvaziada do seu conteúdo fundamental.

Com esta iniciativa pretende-se mostrar que a corrupção, em Portugal, como em outros países, mas com características particulares entre nós, corrói, umas vezes silenciosamente, outras vezes com estrondo, as bases fundamentais da democracia. Vamos procurar conhecer o funcionamento dos seus mecanismos e debater o envolvimento dos órgãos de soberania, em particular do Governo e da Assembleia da República, no seu combate.

João Cravinho é o orador convidado. Engenheiro civil, possui uma ampla carreira política, no pós-25 de abril, de âmbito parlamentar e governamental. Foi Ministro da Indústria e Tecnologia (1975) e Ministro do Equipamento, do Planeamento e da Administração do Território (1995). Enquanto deputado, foi promotor, entre outras, da proposta de lei de combate à corrupção (rejeitada em Plenário em 2006). Preside, atualmente, à Comissão Independente para a Descentralização.

CCD

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.