No passado dia 10 de março, na Igreja Matriz de Macieira de Cambra, decorreu a celebração do Crisma interparoquial, de Macieira de Cambra e de Roge, de 15 jovens e 3 adultos das duas paróquias, e no final, foi inaugurado o centro pastoral desta comunidade paroquial, por sua Exª Rev.ma. D. António Augusto de Oliveira Azevedo, Bispo Auxiliar do Porto. Esta obra tão desejada pelo pároco e seus colaboradores desde a entrada deste na paróquia, a 3 de Outubro de 1999, foi concluída após vários anos de esforços para adquirir o terreno, trabalhar o projeto, reunir os paroquianos da freguesia e não só, empresas e instituições, no sentido de prover a comunidade paroquial de um espaço onde todos se possam reunir e trabalhar em missão evangelizadora.

A primeira pedra desta obra foi lançada e abençoada a 23 de fevereiro de 2014, por sua Exª Rev.ma D. João Evangelista Pimentel Lavrador, então Bispo Auxiliar do Porto, numa cerimónia simples, mas carregada de esperança. Agora, depois de anos de trabalho, e contando com a presença de D. António Augusto, na celebração do Crisma, o Sr. Padre Adão Cunha, pároco desta freguesia, entidades oficiais do concelho e freguesia, convidados, amigos e paroquianos estiveram presentes na bênção deste edifício tão desejado. Também de salientar que a Sociedade artística Banda de Vale de Cambra esteve presente e abrilhantou o momento, tanto na bênção da 1ª pedra, em fevereiro 2014, como neste dia marcante para todos os envolvidos.

Ato contínuo à bênção do Centro, o almoço de celebração, foi servido no salão, ora abençoado, para cerca de 180 pessoas, que em clima de festa conviveram e visitaram os espaços que vão servir toda a catequese paroquial, grupos e movimentos da paróquia, atividades sociais e culturais da comunidade paroquial, do concelho e da vigararia. A destacar o esplêndido trabalho das equipas que colaboram na angariação de fundos e que confecionaram e serviram este almoço, um bem haja!

Resta deixar uma palavra de gratidão a todos quantos colaboraram para a conclusão deste projeto, e que de uma forma ou de outra contribuíram para a realização de uma obra que vai ficar para a posteridade.

Ana Sofia B. Almeida