A construção de uma “piscina” numa zona de montanha, próximo do lugar de Mealha, na freguesia de Canelas, está a gerar perplexidades e críticas, não só da população local como dos utilizadores da rede social Facebook, e de forma especial os da página Arouquenses (que tem cerca de seis mil e duzentos membros registados). Foi precisamente aqui que surgiram as fotos que reproduzimos.

As razões para esta postura crítica prendem-se sobretudo com o impacto visual e a eventual utilização daquele espaço, também apelidado de “tanque”, sendo que, e ao que conseguimos apurar, aquela infra-estrutura destina-se a recolher água para rega.

Serra do Gamarão território Arouca geoparque, piscina gigante?” Foi assim juntamente com a foto, que Óscar Valério colocou um post que originou um conjunto de partilhas, milhares de visualizações e dezenas de comentários, censurando a obra, sendo que alguns deles estão acompanhados por fotos revelando a água poluída. Ali há também registo de denúncias que se prendem com o facto de o espaço não estar devidamente vedado, o que levou já a que alguns animais tenham caído à água.

Este assunto foi abordado na reunião do Executivo realizada na passada terça-feira, por iniciativa do Vereador do PSD, Fernando Mendes. Pedidos esclarecimentos sobre esta obra à Presidente da Câmara, Margarida Belém, esta disse desconhecer cabalmente o assunto, tendo prometido dar aos autarcas, após averiguações, todas informações julgadas relevantes.