Livro de poesia “Como um grão de areia” apresentado a 8 de dezembro

Como um grão de areia” é o nome do livro de poesia que será apresentado a 8 de dezembro (sábado), pelas 16h, na Biblioteca Municipal de Arouca. Da autoria de Maria de Lurdes Duarte, residente na freguesia de Alvarenga, a obra aborda a procura do sentido e da essência da vida numa perspetiva humana e simultaneamente espiritual. Em 45 poemas, a autora compara a existência do Homem a uma caminhada e a uma ascese onde a humanidade, a natureza e o divino se comungam.

Sobre Maria de Lurdes Duarte

Maria de Lurdes Duarte nasceu em maio de 1963 no Porto. Quando casou, mudou-se para Lisboa, onde permaneceu durante dez anos. Há 17 fixou-se na freguesia de Alvarenga, Arouca, onde reside com o marido e os dois filhos. É professora do Ensino Básico no Agrupamento de Escolas de Arouca. Em 2015 venceu o 1.º prémio do I Concurso de Poesia Dr. Reinaldo Noronha que decorreu na Semana Cultural de Alvarenga. A distinção ajudou-a a decidir partilhar a sua escrita em verso. Fá-lo na página de Facebook “Palavras à Solta”. Maria de Lurdes Duarte participou na coletânea de contos e poemas “Lugares e Palavras de Natal” em 2016 e 2017 e na coletânea de poesia “Mimos de Maio”.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.