Foi publicada no passado dia 3 de setembro, em Diário da República, a autorização do Governo para a reconstrução das casas destruídas pelos incêndios de outubro de 2017, em Arouca, Castelo de Paiva e Monção.

Os três despachos do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Ângelo Nelson Rosário de Souza, autorizam “a contratação de serviços de consultoria técnica para a elaboração dos projetos de arquitetura e especialidades relativos à habitação danificada pelos incêndios ocorridos em outubro de 2017”.

No mesmo despacho ficou atribuída a responsabilidade da realização das obras de construção, reconstrução ou conservação à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

Recorde-se que o Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente (PARHP) é uma medida aprovada pelo Governo que se destina a apoiar as pessoas singulares e os agregados que viram as suas habitações danificadas ou destruídas por incêndios, em vários concelhos das regiões Norte e Centro do país.