O Movimento Gaio promove, pelo sexto ano consecutivo, um campo de voluntariado ambiental. Decorre entre os dias 7 de julho e 31 de outubro e tem como objetivo realizar a vigilância florestal na Serra da Freita, que “pelo histórico de incêndios e pelo valor florestal, é considerada uma zona crítica, com elevado potencial de perigo de incêndio”, afirma o Movimento Gaio. A área a vigiar está integrada na Rede Natura: Sítio Freita – Arada.

Se está interessado em fazer umas férias diferentes, com sentido e em sintonia com a natureza e com pessoas que partilham os mesmos valores, poderá fazer a sua inscrição na página do Movimento Gaio, em www.movimentogaio.org/eventos.

O que é pedido aos voluntários?

É pedido aos voluntários que possam permanecer pelo menos dois dias seguidos na Serra da Freita e que realizem percursos pré-estabelecidos apeados para detetar comportamentos de risco (fogueiras, queimadas e queimas de resíduos) ou más práticas ambientais (deposição de lixos, uso de veículos motorizados em locais não autorizados, etc), que possam originar incêndios e/ou produzir impactos sobre habitats ou espécies animais e vegetais.

O alojamento é gratuito na Casa da Lomba de Cima, na aldeia de Candal.

Para mais informações contacte movimentogaio@gmail.com | tel. 934 386 588.