COMUNICADO | O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, confessou este domingo que nunca teve dúvidas na escolha de Fernando Mendes como candidato à presidência da Câmara de Arouca, “um lí­der por natureza, habituado a ganhar”.

“Estamos perante um candidato autêntico e genuíno, próximo das pessoas e em quem podemos sempre confiar. Tenho a certeza que será um grande presidente de Câmara”, disse.

O lí­der dos social-democratas falava no final da visita à Feira das Colheitas, entre um banho de multidão que o recebeu com entusiasmo, sempre acompanhado por Luí­s Montenegro – ex-lí­der parlamentar do PSD – e João Almeida, porta-voz do CDS-PP, entre outras figuras nacionais e distritais dos dois partidos que compõem a coligação ‘Somos Arouca’.

Na comitiva, além dos vários candidatos às eleições do próximo domingo – com destaque para Fernando Mendes e Artur Miler (cabeça-de-lista à Assembleia Municipal) – seguia também o actual presidente do órgão deliberativo de Arouca, Elí­sio Brandão, eleito pelo PSD nas últimas “autárquicas”.

Desvalorizando os bons indicadores, Pedro Passos Coelho incentivou a candidatura PSD/CDS-PP a “não baixar os braços” e a manter a dinâmica imposta durante os últimos dias de campanha eleitoral.

“A onda de apoio cresce todos os dias e esta visita de Passos Coelho enche-nos de orgulho, principalmente pela forma calorosa como foi recebido. Por outro lado, é um estímulo para esta fase final da campanha, sempre próxima dos arouquenses e focada nos seus reais problemas”, sublinhou Fernando Mendes, visivelmente satisfeito com a presença em Arouca do antigo primeiro-ministro.

Incentivo à natalidade será implementado por Fernando Mendes: “500 euros para bebés nascidos no concelho”

O candidato da coligação ‘Somos Arouca’ à presidência da Câmara Municipal, Fernando Mendes, quer que autarquia passe a atribuir um apoio no valor de 500 euros às famílias de bebés nascidos no concelho.

A medida visa também apoiar o comércio local, já que a verba terá que ser gasta nos estabelecimentos locais, exclusivamente em serviços e bens destinados à criança recém-nascida.

A reduzida taxa de natalidade é um dos problemas mais estruturais de Portugal. É necessário inverter essa tendência, criando condições para que as famílias tenham mais filhos, com melhor qualidade de vida, melhor acesso aos serviços, aos cuidados de saúde e de educação”, afirma.

Vamos criar ainda um programa de apoio aos pais durante a gravidez e durante o primeiro ano dos filhos, para supervisionar e garantir que todas as crianças tem qualidade de vida. É importante manter os pais informados e com boas práticas para que os seus filhos possam desenvolver-se e crescer com qualidade”, salienta Fernando Mendes.

Este apoio vem juntar-se a uma outra iniciativa nesta matéria já revelada: o Cartão para Famílias Numerosas – uma das 30 medidas previstas para os primeiros 100 dias de mandato – que vai dar descontos e isenções aos agregados familiares com três ou mais filhos.

Aos titulares deste cartão serão atribuí­dos benefícios sociais adequados aos encargos familiares e ainda um conjunto de vantagens no acesso a diversos bens e serviços”, explica, sublinhando que o cartão visa “estimular o aumento da natalidade, fixar e melhorar as condições de vida das famí­lias numerosas residentes em Arouca”.

Coligação ‘Somos Arouca’