COMUNICADO | O candidato da coligação ‘Somos Arouca’ à presidência da Câmara Municipal, Fernando Mendes, anunciou que tem um promotor privado pronto a investir 9,8ME na criação de um hotel de 5 estrelas e uma escola de hotelaria no Convento de Arouca.

Já por várias vezes foram anunciadas vontades e ambições de fazer remodelar parte do Convento, mas as mesmas vontades e ambições nunca passaram do papel e do falar. Os arouquenses sabem isso muito bem. Mas connosco, muito mais do que falar ou escrever, vamos fazer”, disse.

Quando formos Câmara Municipal criaremos todas as condições para que este processo avance junto do Governo e das instituições que actualmente são responsáveis pelo nosso Convento, para que este tenha uma nova vida”, realçou.

Fernando Mendes lembrou que “neste momento já estão em curso o programa REVIVE, que tem em vista a recuperação e valorização do património cultural e histórico, presente em todo o território nacional, e a sua transformação num activo económico, abrindo o património ao investimento privado para desenvolvimento de projectos turísticos, através da realização de concursos públicos”.

Durante o anúncio público, Fernando Mendes celebrou mesmo um protocolo de intenção com o presidente do conselho de administração do grupo Hotéis Premium, Armando Ramos, o promotor principal deste empreendimento, a avançar em caso de vitória eleitoral da coligação ‘Somos Arouca’.

O empresário sustentou que a escola de hotelaria a criar no hotel tem “a vantagem de proporcionar aos alunos, além da teoria, a experiência em ambiente de trabalho real, potenciando a sua formação e posterior integração no mercado laboral”.

O grupo hoteleiro já contactou algumas universidades que demonstraram interesse em participar no projecto, ambicionando ainda estabelecer parcerias com empresas e estabelecimentos de ensino arouquenses.

Após os primeiros anos do seu funcionamento, a escola pretende formar por ano cerca de 50 profissionais, que se espera sejam maioritariamente da região, muito embora pretenda ainda trazer alunos de todo o paí­s e do estrangeiro, a exemplo das melhores escolas de hotelaria nacionais e internacionais”, sublinhou Armando Ramos.

De acordo com o promotor, as obras a realizar irão respeitar a arquitectura original, valorizando o importante património arquitetónico que o convento representa.

A instalação do Hotel Escola irá gerar importantes recursos para a região, não só no aumento da oferta hoteleira mas também na criação de empregos de qualidade, criando 80 postos de trabalho directos e indirectos, além claro da formação para as pessoas de Arouca, que terão na região umas das melhores escolas de hotelaria de Portugal”, acrescentou.

Criado em 2010, o Grupo Hotéis Premium é composto por um universo de 14 empresas que detém e exploram sete hotéis localizados nas cidades do Porto, Maia, Chaves, Setúbal, Bragança e Curia, estes dois últimos em fase de requalificação.

A oferta hoteleira do grupo, que tem sede na cidade do Porto, totaliza perto de 800 quartos e gera cerca de 150 postos de trabalho directos.

Coligação ‘Somos Arouca’