O ex-ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, “apadrinhou” a apresentação da candidatura do PSD aos órgãos autárquicos de Vale de Cambra. A sessão decorreu no Centro Cultural de Macieira, no passado dia 19 de agosto, e foi sobretudo marcada pelos grandes objetivos da candidatura à Presidência da Câmara. Pedro Almeida prometeu uma campanha pela positiva e um mandato que capte investimento, gere riqueza e fixe os jovens.

O Centro Cultural de Macieira de Cambra foi pequeno para receber o evento. Salvador Malheiro, enquanto presidente da distrital laranja, foi o primeiro a usar da palavra, tendo começado por lembrar que “é imperativo voltar a colocar Vale de Cambra na senda do sucesso”, referindo também que, depois de uma derrota do PSD nas últimas eleições, Pedro Almeida teve “a coragem para começar a estruturar o Partido, fazendo um trabalho notável”. Concluiu pedindo a união dos sociais-democratas em Vale de Cambra “rumo à vitória”, garantindo também todo o apoio da distrital.

As “melhores listas da década”

Miguel Poiares Maduro, depois de criticar a Câmara centrista pelo retrocesso feito num mandato (tendo para isso citado vários números relacionados, por exemplo, com o investimento e as obras públicas) defendeu a importância do PSD voltar a colocar Vale de Cambra no “caminho do desenvolvimento económico-social”. “Vale de Cambra nestes últimos quatro anos estagnou, não tem respondido aos desafios dos dias de hoje”, disse ainda.

Este ex-ministro do governo de Passos Coelho deixou rasgados elogios a Pedro Almeida, sobretudo no que diz respeito às suas qualidades profissionais e políticas, que entende como importantes para governar o concelho, acrescentando mesmo que “poucas pessoas estarão tão preparadas para exercer o cargo de presidente da Câmara, com uma gestão, com visão e competência, como Pedro Almeida”.

Depois de enaltecer o slogan que sustenta a candidatura «Vale de Cambra com Confiança» a mandatária, Rosa Anita, enfatizou a circunstância de que para si, nas autárquicas de 2017, o PSD apresenta as “melhores listas da década”, acabando por destacar também a participação nestas de muitos jovens e das mulheres.

A mandatária apelou ao voto no PSD, em resposta àqueles que governaram a Câmara nos últimos quatro anos. “Se os valecambrenses desejam viver com esperança, participem ativamente nas eleições de outubro”, até porque, na sua opinião, “é preciso devolver a esperança aos jovens”.

Com a Câmara CDS-PP houve o “marcar passo num retrocesso preocupante”

Depois de deixar uma palavra de gratidão a todos que de algum modo estão envolvidos no projeto polí­tico do PSD, Pedro Almeida garantiu estar a fazer uma campanha pela positiva, “assente em valores éticos e morais”. Deixando crí­ticas à ação e inação da Câmara centrista falou de “quatro anos de estagnação”, prometendo “mudar o clima polí­tico”, num concelho que continua a “marcar passo” e que se encontra “num retrocesso preocupante”.

Para Pedro Almeida as principais prioridades assentam nos idosos, nos jovens, nas famí­lias e nas empresas. Prometendo uma campanha ativa “vamos levar a mensagem porta a porta, vamos criar uma rede de relações humanas e devolver a esperança às pessoas”. Disse ainda acreditar na vitória, até porque transporta consigo “toda uma nova visão estratégica para o municí­pio”, apostando na captação de investimento, no gerar de riqueza e na fixação dos jovens.

O evento permitiu dar a conhecer os candidatos à Câmara, à Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia, que divulgamos já na última edição.