O cabeça-de-lista da coligação “Somos Arouca” à  Assembleia Municipal, Artur Miler, assumiu que a sua candidatura acaba por ser “tão empolgante quanto espinhosa” e que o seu nome causa incómodo às hostes socialistas.

O meu sim a esta candidatura não terá sido do agrado dos candidatos do PS”, disse, sublinhando que sempre colocou “os interesses de Arouca e dos arouquenses acima de qualquer vínculo partidário”, quer enquanto vereador no executivo municipal, quer actualmente como membro do órgão deliberativo.

Repete-se, de novo, o que também já tinha acontecido com a divulgação pública da candidatura do Fernando Mendes. Apontam-nos defeitos, a mim e a ele, omitem-nos virtudes e qualidades que todos sabem que temos. Propositadamente. Deliberadamente. E porquê?” –  interrogou.

A resposta é óbvia meus amigos! Porque somos incómodos. Porque somos candidatos com passado polí­tico de coerência. Com passado pessoal e profissional sempre ligado aos arouquenses, de convívio e de compreensão, e de afecto, com todos os arouquenses, especialmente nas más horas, nas horas difíceis”, referiu.

Artur Miler falava durante a apresentação da sua candidatura, que decorreu no sábado, numa cerimónia seguida por centenas de pessoas, grande parte delas sem qualquer vínculo partidário, mas que acreditam nesta “onda de mudança” protagonizada pela coligação “Somos Arouca”.

Os arouquenses sabem que a candidatura do PSD/CDS-PP reúne pessoas com qualidade técnica e com inquestionável capacidade para levar a bom termo o seu projecto autárquico”, afirmou, acrescentando que “a liderança de proximidade com os arouquenses, personificada pelo Fernando Mendes, será, sem dúvida alguma, uma garantia para todos nós, eleitos e eleitores”.

Artur Miler, 58 anos, é desde 1989 médico especialista de Medicina Geral e Familiar no Centro Saúde de Arouca. Actualmente exerce funções na Unidade de Saúde Familiar de Escariz, onde é orientador de formação de jovens médicos de famí­lia.

Antigo presidente da concelhia do PSD de Arouca, chegou a ser em 2009 candidato à presidência da Câmara Municipal. Ocupou o cargo de vereador não executivo e hoje integra a bancada social-democrata na Assembleia Municipal.