O Agrupamento de Escuteiros do 1302-Rossas (Arouca), da Região Porto completou, no dia 3 de junho, 10 anos de existência, tendo iniciado a atividade a 3 de junho de 2007, sob orientação do Padre João Pedro Bizarro, com um efetivo de 7 dirigentes e 22 lobitos, tendo hoje um efetivo de 115 escuteiros.

Para assinalar a data foram realizadas várias atividades nos dias 3 e 4 de junho. Durante a tarde de sábado foi feito um “estendal”, com t-shirts pintadas pelos Escuteiros do Agrupamento, alusivas aos 10 anos de percurso e através das quais expressaram o que o Escutismo e o Agrupamento acrescentou às suas vidas. Foi também realizado um “peddy-paper”. Dirigentes, escuteiros e pais, juntos, numa tarde de animação, em “raid” pela Natureza que envolve a freguesia de Rossas.

No domingo, as comemorações tiveram início logo de manhã, com o descerrar de uma placa comemorativa do 10.º Aniversário do Agrupamento, na sede do mesmo, e com animação pela Fanfarra do Agrupamento de Escuteiros 1048 – Romariz.

Seguiu-se a celebração da Eucaristia na Igreja Paroquial de Rossas, presidida pelo Padre José Manuel, e na qual um Explorador realizou a sua “Promessa”. Nas comemorações estiveram presentes (para além dos escuteiros, dirigentes e pais) a comunidade paroquial, algumas entidades concelhias, bem como elementos da Junta Regional do Porto, Junta de Núcleo Terras de Santa Maria e dos Agrupamentos de Romariz, Castelões, Arrifana e Caldas de S. Jorge.

Após a Eucaristia, seguiu-se um “Porto-de-Honra” com a confraternização entre todos os presentes, como forma de celebração mas também como forma de reconhecimento pela colaboração prestada ao Agrupamento, ao longo dos 10 anos de existência.