Este ano foi no Colégio Salesiano de Lisboa que se realizou, no passado dia 30 de abril de 2017, o Festival Clip Dom Bosco 2017, no qual participaram 5 curtas-metragens sobre o tema “Desafia-te#Fazer Maravilhas”, em sintonia com o tema pastoral 2016/2017 e o Centenário das Aparições de Fátima. O vencedor desta 5ª edição do festival foi a curta-metragem “Procurasse”, realizada pela casa salesiana de Lisboa. Arouca recebeu, pela segunda vez, uma menção honrosa com a curta-metragem “Renascer”, que já conta com cerca de 2500 visualizações no canal Youtube.

O júri foi constituído pela Irmã Lídia Santos, Filha de Maria Auxiliadora, coordenadora provincial da comunicação; Fátima Lopes, Apresentadora/Jornalista da TVI; João Ramalho, Fotógrafo e orientador de Workshops de produção audiovisual e Carlos Ribeiro, Educador e animador pastoral nos Salesianos de Évora.

O Festival, onde Arouca esteve representada por 9 elementos, decorreu num ambiente muito alegre e descontraído. Nas suas intervenções o júri teceu largos elogios à curta de Arouca, destacando-se as palavras da apresentadora da TVI, Fátima Lopes, que realçou, entre outros aspetos, a mensagem de sensibilização associada à temática dos incêndios que o filme aborda e uma demonstração absoluta de fé.

Para os jovens de Arouca o envolvimento das pessoas nas redes sociais à volta da iniciativa foi muito positivo, pois constituiu uma maneira de se darem a conhecer e de demonstrarem aquilo de que são capazes. Foi um trabalho feito com alma e coração que ajuda a promover a partilha dos valores salesianos e também dar a conhecer o lema do grupo ADS (Alegre, Dinâmico e Serviçal) como D. Bosco ensinou.

O grupo agradece ao Centro Juvenil Salesiano de Arouca (Associação à qual pertence), aos Bombeiros Voluntários de Arouca, à Câmara Municipal de Arouca, ao Cine Clube de Arouca e ao Hélder Antunes pelo apoio prestado a este projeto.

Victor Cruz