-Cidade brasileira de Mariana “manifestou o desejo de se geminar”

As geminações feitas pelo município de Arouca há mais de uma década, com uma cidade francesa e uma outra brasileira, mereceram a atenção do Vereador do PSD, José Luís Alves, na reunião do Executivo do passado dia 18. Registando “que nos últimos anos não se tem verificado qualquer iniciativa no âmbito das geminações que foram estabelecidas com Poligny e com Santos, este Vereador quis saber se o Presidente da Câmara “pensa fazer alguma coisa no sentido de reverter essa situação”.

Segundo regista a respetiva ata, Artur Neves referiu que “com a cidade de Santos se têm verificado alguns contactos, um dos quais da iniciativa da sua Prefeitura que indagou da possibilidade de Arouca se associar a uma iniciativa que pretende promover com todas as cidades irmãs portuguesas, dizendo achar que esta geminação pode ser mais dinamizada, contrariamente ao que sente relativamente à de Poligny, por causa da pequena dimensão da comunidade arouquense ali residente”.

Mariana para “ valorizar e perpetuar a memória do cidadão arouquense José Pereira”

Na oportunidade, o Presidente da Câmara informou que a Prefeitura da cidade brasileira de Mariana lhe manifestou o desejo de se geminar com o Município de Arouca “como forma de melhor valorizar e perpetuar a memória do cidadão arouquense José Pereira de Arouca, considerado o arquiteto e construtor daquela cidade, ideia que considera fazer sentido dado o património histórico que une as duas comunidades”.