O Arouca venceu o Vitória de Setúbal (2-1), no passado domingo, dia 5 de fevereiro, no Estádio Municipal de Arouca, em jogo da 20ª jornada da I Liga de Futebol. Depois do empate frente ao Nacional da Madeira da última jornada, a equipa arouquense venceu em casa e continua a somar pontos no campeonato. Kuca apontou os dois golos da equipa de Arouca.

Depois do empate frente ao Nacional da Madeira do passado dia 28 de janeiro, a contar para a 19ª jornada do campeonato, com um golo apontado por Nuno Coelho aos 83 minutos, o Arouca venceu em casa frente ao Vitória de Setúbal. A equipa arouquense marcou os dois golos da vitória na primeira parte, e o Vitória de Setúbal conseguiu diminuir a desvantagem pouco depois, mas o golo marcado por Edinho não foi suficiente para vencer os dois golos apontados por Kuca.

Lito Vidigal não contou com os castigados Rui Sacramento e Jubal e a partida ficou marcada pela estreia do guarda-redes Bolat na baliza arouquense. Já José Couceiro contou com todos os jogadores.

O Futebol Clube de Arouca entrou melhor na partida e com vontade de chegar cedo à vantagem. Aos três minutos, viu um golo ser anulado por fora de jogo de Tomané. Aos 18 minutos, Kuca cumpriu o que já vinha a ameaçar e marcou o primeiro golo da partida, com um remate de trivela no interior da área.

O Arouca continuou a dominar o jogo e aumentou a vantagem novamente por intermédio de Kuca aos 36 minutos. Depois de um corte de Nelsinho na área do Arouca, Mateus conduziu um rápido contra-ataque e Kuca só teve de encostar. Estava feito o 2-0.

O Vitória de Setúbal respondeu ainda antes do intervalo, com um golo marcado da marca de grande penalidade. Adilson derrubou Mikel dentro da grande área e Artur Soares Dias assinalou grande penalidade a favor dos sadinos. Edinho foi chamado a converter e diminuiu a desvantagem aos 45+3 minutos.

Na segunda parte, o Vitória de Setúbal entrou melhor e procurou o empate, enquanto o Arouca deixou o jogo correr. José Couceiro fez entrar João Carvalho e Thiago Santana, no entanto não conseguiu criar perigo e verdadeiras oportunidades de golo. Aos 89 minutos, Lito Vidigal substituiu Walter González, depois de o ter feito entrar aos 72 minutos para o lugar de Mateus. O jogador não gostou da decisão do treinador e saiu diretamente para o balneário.

O jogo terminou com mais posse de bola, cantos e remates para o Vitória de Setúbal, mas o Arouca acabou por levar a melhor do jogo.

Com esta vitória, a equipa de Lito Vidigal ocupa a 10ª posição da tabela classificativa, com 27 pontos. O Vitória de Setúbal ocupa o 7º lugar da lista, com 28 pontos.

Texto de Andreia Borges | Fotos: MaisFutebol