O Arouca perdeu frente ao Rio Ave (0-2), na passada segunda feira, dia 12 de dezembro, no Estádio Municipal de Arouca, em jogo da 13ª jornada da I Liga de Futebol. Depois da vitória da jornada anterior sobre o Feirense, a equipa arouquense regressou às derrotas frente ao Rio Ave, com dois golos marcados nos últimos minutos da partida.

Depois da derrota para a Taça da Liga frente ao Sporting do passado dia 30 de novembro, com um golo de A. Ruiz aos 44 minutos, o Arouca jogou com o Feirense, num jogo a contar para a primeira liga. A equipa arouquense venceu o Feirense por 0-2, com golos de Nelson Barbosa e Walter González, aos 52 e 66 minutos, respetivamente, conquistando mais três pontos.

Porém, na passada segunda feira voltou a perder, desta vez frente ao Rio Ave, já nos minutos finais do jogo. Um autogolo de Nelson Barbosa e a expulsão de Artur aos 75 minutos também contribuíram para o resultado negativo.

Lito Vidigal voltou a repetir a equipa titular, depois de vencer os dois últimos jogos para o campeonato. Já Luís Castro trocou Yazalde por Guedes, fez regressar Rúben Ribeiro após castigo e Heldon após lesão.

A partida começou equilibrada, com ambas as equipas a trocar a bola, mas sem perigo junto das áreas. O primeiro lance de algum perigo surgiu apenas aos trinta minutos de jogo, pelos pés de Jubal, que falhou o remate junto à marca de penálti. Sete minutos depois, Jorginho rematou cruzado da direita, mas Cássio afastou para canto. Gil Dias e Guedes também iam procurando espaços para chegar à baliza de Rafael Bracali, mas sem sucesso. A fechar a primeira parte, Filipe Augusto bateu um canto que deixou o guardião arouquense em dificuldades. Valeu o corte de André Santos.

Na segunda parte, o Arouca entrou melhor e, aos 59 minutos, Jorginho cruzou para Adilson que, dentro da área, rematou ao lado. Artur e Nuno Coelho, pelo Arouca, e Krovinovic e Marcelo, pelo Rio Ave, estiveram perto de chegar à vantagem, mas os guarda redes estavam atentos. E foi precisamente Artur que, aos 75 minutos, viu o cartão vermelho, depois de uma entrada dura sobre Roderick. A jogar com menos um elemento, o Arouca sofreu o primeiro golo (autogolo) aos 89 minutos, por Nelson Barbosa. Kizito cruzou para a área e Nelson tentou o corte, mas a bola saiu-lhe em rosca e só parou no fundo da baliza de Bracali. Já no tempo de compensação, Kizito cruzou novamente e Ronan cabeceou para o segundo golo do Rio Ave.

Com esta derrota, a equipa de Lito Vidigal ocupa o 12ª posição da tabela classificativa, com 14 pontos. O Rio Ave ocupa o 6º lugar da lista, com 20 pontos.

Texto de Andreia Borges