Realizou-se no passado domingo, dia 27 de novembro, uma plantação no Baldio da Ameixieira promovida pelo Movimento Terra Queimada. O principal objetivo foi plantar o máximo de plantas nativas para recuperar a área queimada dos Seixos Brancos, depois do incêndio que deflagrou em Arouca no mês de agosto.

Em 2015 já tinha sido criada uma faixa contra-fogo verde na margem oeste do Baldio da Ameixieira e efetuada uma limpeza de mato e abertura de covas com uma escavadora, para a plantação que se realizou em dezembro de 2015. Contudo, os incêndios florestais de agosto último não deixaram crescer as árvores.

No domingo participaram na plantação voluntários de norte a sul do país, num total de 42 pessoas, que plantaram mais de oitocentas árvores. Carvalhos, sobreiros, bétulas, cerejeiras bravas e faias foram as espécies utilizadas.

O trabalho começou por volta das 9h30 e terminou às 16h30 e nem a chuva que apareceu às 11h00 desmotivou os voluntários, na sua grande maioria da região de Arouca.

Em declarações ao nosso jornal, o Movimento Terra Queimada aproveitou para agradecer a “participação e ajuda dos Bombeiros Voluntários de Arouca, que levaram as plantas para o local”.

A associação já está a preparar a próxima e última plantação do ano no Baldio da Ameixieira, que se realiza no próximo dia 10 de dezembro, das 9h30 às 16h00.

As inscrições são obrigatórias, basta enviar nome completo e número de telemóvel para o e-mail movimento.terra.queimada@gmail.com ou para o contacto 934 386 588. Os participantes devem levar merenda que será partilhada entre todos na pausa do almoço, luvas, resguardo e, se possível, enxada.

Texto: Andreia Borges | Fotos: Movimento Terra Queimada

2