Num investimento de cerca de 80 mil de euros foi inaugurado no passado domingo, o novo campo sintético do Parque de Lazer de Sinja, em Rossas, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, José Artur Neves e do presidente da Junta de Freguesia, José Paulo Oliveira. 

Foi num dia especialmente quente (houve palmas para o São Pedro) e perante um apreciável número de rossenses que a cerimónia decorreu. Depois de uma breve exibição do Rancho Folclórico de Provisende houve lugar ao descerramento da placa alusiva ao ato, a que se seguiram as intervenções de José Paulo Oliveira e Artur Neves. O momento foi também marcado pela apresentação das equipas que em diferentes escalões (benjamins, infantis iniciados e juvenis), que estão a representar a associação Unidos de Rossas nos respetivos campeonatos da Associação de Futebol de Aveiro. De referir que o novo sintético foi construído no espaço do “velho” campo de Sinja, que é propriedade da Junta de Freguesia.

A satisfação dos autarcas e as razões de uma obra

Naturalmente satisfeito, o Presidente da Junta de Freguesia de Rossas, José Paulo Oliveira, lembrou no seu discurso a importância da obra sobretudo para as dezenas de jovens futebolistas dos Unidos de Rossas, destacando que a principal reivindicação vinha deles mesmos.

Depois de justificar a opção pelo facto de o campo não ser “de onze”‘ dado que no seu ponto de vista estes existem em Arouca em número suficiente, congratulou-se por aquele ser “um investimento muito bem feito”, agradecendo ao Presidente da Câmara e vereação o empenho colocado na sua construção. Na reivindicou para a freguesia a concretização do saneamento básico e agradeceu o carinho que  população lhe deu nos seus onze anos de mandato, ao serviço de uma terra que, como quis salientar, “muito ama”.

Artur Neves depois de saudar os convidados enalteceu a obra (a última de um plano de requalificação de espaços desportivos), destacou a dinâmica criada pela Junta e Câmara, para depois assumir que se “encontrava muito satisfeito”, até porque “Arouca está no top do distrito de Aveiro em termos de instalações desportivas”, sendo que tal surge como resultado de uma “opção política”, julgada crucial. Referência especial para as obras de melhoramento do estádio municipal, de algum modo associadas ao percurso do Futebol Clube de Arouca que na época anterior chegou à Liga Europa.

Na oportunidade realçou também o trabalho feito em outras áreas com especial destaque para a vertente social e para a educação, nomeadamente no que concerne à construção de infraestruturas.

O evento terminou com “porco no espeto” e mais futebol desta feita num jogo que envolveu séniores e veteranos, para além de uma aula de zumba.

Texto: OPB

sintetico-3