António Costa esteve em Arouca e voltou a prometer a ligação Escariz à A32

Sobretudo para mostrar que “o interior tem muito potencial”, o primeiro-ministro António Costa esteve no passado dia 24 em Arouca para percorrer os passadiços do Paiva e prometer a ligação Escariz à A32.

Tive a oportunidade de dizer à senhora Presidente da Câmara que até ao final do ano será aberto o concurso para a empreitada de 7 kms e de 29 milhões de euros”. Foi assim, de forma perentória e a meio do percurso dos passadiços, que António Costa, em declarações à comunicação social e respondendo a uma questão em concreto da Rádio Regional de Arouca, se referiu a uma obra cujo anúncio já tinha sido feito em fevereiro de 2017, para depois adiantar que a portaria que permitirá abrir o referido concurso seria publicada na semana seguinte.

Naquele dia o primeiro-ministro, acompanhado pela esposa e pela presidente da Câmara de Arouca, Margarida Belém, tinha iniciado pelas 9 horas o percurso em Espiunca, Arouca, para “mostrar que o interior tem muito potencial”, sendo que, na sua opinião “para desenvolver o país” é preciso “aproveitar todos os recursos” que o interior oferece, nomeadamente a paisagem, natureza e gastronomia de grande valor como a de Arouca.

“Este é um grande exemplo do valor acrescentado que esta zona tem e do trabalho que a câmara tem feito, nomeadamente com estes passadiços. Para desenvolver o país temos que aproveitar todos estes recursos”, afirmou o governante, a seguir à praia fluvial do Vau, onde fez uma pausa depois dos primeiros quatro quilómetros do percurso até ao Areinho.

Costa lembrou que o Presidente da República já mostrou, no início de agosto, “as inúmeras praias” do interior do país, e frisou que “há outras ofertas, como conhecer a natureza, as paisagens e, no caso de Arouca, a excelência da gastronomia”.

“Está a ser muito bom. É um passeio que recomendo vivamente que seja feito, muito agradável de fazer, com uma riqueza paisagística única, para caminhar calmamente sem ter medo dos oito quilómetros”, disse ainda a concluir.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.