XXXVI Festival Internacional de Folclore de Arouca: Cinco dias dedicados à cultura popular

Dar protagonismo à cultura popular e às comunidades locais sem esquecer a interculturalidade é o mote de mais uma edição do Festival Internacional de Folclore de Arouca. Concertinas, bombos, cavaquinhos e também o adufe e a gaita-de-foles galega e transmontana são alguns dos instrumentos que darão sonoridade e vida a cinco dias de programação da 36.ª edição deste festival, em que a ancestralidade e mestria da cultura popular de matriz rural continuam a ser as traves mestras.

Procurar novos públicos e ir ao encontro das comunidades locais potenciou, pelo segundo ano consecutivo, a descentralização das actividades para as aldeias da freguesia de Moldes. Desta forma, o Conjunto Etnográfico de Moldes proporciona uma oferta cultural nestas aldeias e, sobretudo, contribui para a valorização daqueles que são ainda os portadores de artes e saberes que enriquecem a nossa identidade.

Mas há novidades. Da Galiza, os regueifeiros trazem a riqueza que resulta do contacto entre povos e mostram uma simbiose que não se subjuga às fronteiras geográficas. As regueifas da Galiza assemelham-se aos nossos cantares ao desafio. O grupo «Foice» vai revelar a mutabilidade da cultura popular e permitirá que se escute sons de agora e de outrora, tanto de Portugal como da Galiza. Ao mesmo tempo, o público poderá aprender os passos das repasseados, das chulas, dos viras e das muinheiras, no workshop de dança.

A importância do saber-fazer continua a ser valorizada com uma oficina de construção e manipulação de bonecos de luva, com a qual se procura introduzir os mais novos nas artes dos fantoches.

O festival encerrará com o «Espectáculo de Folclore» que levará a palco especificidades regionais tão díspares como a identidade marítima de Angeiras e a identidade serrana transmontana dos Pauliteiros de Miranda, entre outras. Nesta noite, não faltará também a exuberância de um grupo da Sérvia, que assegura a internacionalização do festival.

PROGRAMA

14 de Agosto 2018 (terça-feira)

22h00 – Baile com o Grupo de Concertinas do Museu Regional de Cucujães | Largo da Capela, em Ponte de Telhe (Moldes)

15 de Agosto 2018 (quarta-feira)

21h30 – Arruada pelo Grupo de Bombos de Provesende (Arouca) | Lugares de Aldeia, Outeiro-Meão e Paços (Moldes)

22h00 – Espectáculo com o Grupo de Cavaquinhos da União Popular da Rebordosa (Lorvão, Penacova) | Centro Cultural e Recreativo de Moldes

16 de Agosto 2018 (quinta-feira)

14h30-17h30 – Oficina de construção e manipulação de bonecos de luva (fantoches)

Duração total de 6 horas repartidas pelos dias 16 e 17 Agosto. Informações e inscrições pelo nº: 96 610 81 78 | N.º máximo de participantes: 20 | Idade mínima: 9 anos | Escola Básica de Paços (Moldes)

22h00 – Teatro Dom Roberto “Barbeiro” e “Tourada Portuguesa” pela Companhia Red Cloud Teatro de Marionetas

Escola Básica de Paços, Moldes

17 de Agosto de 2018 (sexta-feira)

09h30-12h30 – Oficina de construção e manipulação de bonecos de luva (fantoches) (continuação do dia 16) | Escola Básica de Paços (Moldes)

22h00 – Regueifa Galega (cantar ao desafio da Galiza) com Bieito Lobariñas e Josiño da Teixeira

Espectáculo e Workshop de dança com o grupo “FOICE”

Praça Brandão de Vasconcelos

18 de Agosto de 2018 (sábado)

18h30 – Desfile Etnográfico | Av. 25 de Abril, Alameda D. Domingos de Pinho Brandão, Pr. Brandão de Vasconcelos

22h00 – Espectáculo de Folclore com:

  • Rancho dos Sargaceiras e Marítimos de Angeiras – Matosinhos

  • Rancho Folclórico de Canelas – Vila Nova de Gaia

  • Grupo Folclórico Cancioneiro de Cantanhede – Cantanhede

  • Grupo de Pauliteiros de Miranda – Miranda do Douro (Fonte de Aldeia)

  • Conjunto Etnográfico de Moldes – Arouca

  • Фолклорна група Branko Markovic – Sérvia

Terreiro de Santa Mafalda

Um evento com a organização do Conjunto Etnográfico de Moldes de Danças e Corais Arouquenses e do Município de Arouca e os apoios da Junta de Freguesia de Moldes, Instituto Português do Desporto e Juventude, Fundação INATEL, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Arouca e União de Freguesias de Arouca e Burgo.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.