Ricardo Sousa assume presidência do Rotary Club de Arouca

José Eduardo Silvestre com Ricardo Sousa

José Eduardo Silvestre passou o testemunho a Ricardo Sousa, presidente do clube rotário para o ano de 2018-19, na passada terça-feira, dia 10 de julho, num jantar onde também se aumentou o quadro social do clube e que trouxe a Arouca rotários de vários pontos do país.

Foi em jeito de balanço do trabalho feito ao longo do ano que José Eduardo Silvestre deixou o cargo de presidente. Num ano em que se comemoraram os 25 anos da sua fundação, o clube arouquense manteve os seus programas habituais, como as bolsas de estudo, as palestras ou o Arouca Racing, numa parceria com a Porsche, mas inovou, com o primeiro Summer Camp rotário no distrito – que trouxe a Arouca jovens de vários países e diferentes crenças religiosas –, com o projeto Cuidar em Timor – que uniu esforços com os clubes de Barcelos e Braga ou o projeto de melhorias de condições de habitabilidade e higiene na casa de uma família arouquense, sinalizada pelo município.

Tudo o que se fez foi importante, mas de alguma forma normal na vida de um clube que se quer dinâmico e representativo do nosso movimento internacional”, avaliou José Eduardo Silvestre, em jeito de “motivação” para o novo presidente.

Ricardo Sousa assumiu a direção, orgulhoso do movimento que integra, apontando a que o clube continue “a assumir projetos que assumam mudanças sustentáveis” da vida das pessoas envolvidas. O agora presidente recordou ainda a dimensão do movimento rotário, com cerca de 1,3 milhões de companheiros em todo o mundo, para salientar que os projetos podem nascer em Arouca, mas tem dimensão para lá das fronteiras do concelho e tocar vidas em locais distantes da sede do clube.

Ambos os discursos focaram a importância do alargamento do quadro social do Rotary Club de Arouca, aumentando o leque de conhecimentos ao serviço do club e dos projetos que este assume. Por isso foi saudada a integração da nova companheira, Angelina Tavares, a terceira neste ano rotário, após a entrada de Teresa Sousa e Ângelo Campelo.

Angelina Tavares, professora do Agrupamento de Escolas de Escariz, com 36 anos de experiência e enriquecimento curricular e prático, agradeceu o convite feito pelo clube e mostrou-se satisfeita por poder “dar de si, antes de pensar em si” (lema do movimento rotário) na terra do seu pai, terra que amava e cujo amor lhe passou. É o quarto elemento feminino do Rotary Club de Arouca.

Num jantar muito participado, com cerca de 70 pessoas, entre as quais representantes dos clubes de Sever do Vouga, Vale de Cambra, Castelo de Paiva, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Ovar e Alcobaça. A Câmara Municipal, representada pela presidente Margarida Belém, voltou a marcar presença neste ato, numa demonstração do reconhecimento do bom trabalho do Rotary Club de Arouca e do bom entendimento institucional e parcerias existentes entre clube e município.

Sérgio Almeida a Governador em 2020-21

Sérgio Almeida, natural de Várzea e membro do Rotary Club de Arouca, será o Governador do Distrito Rotário 1970 em 2020-21. A candidatura surgiu no seio do clube arouquense durante este ano e a sua eleição no distrito reuniu unanimidade. Este é um cargo que dá prestígio a Arouca, mas, essencialmente, é um sinal claro da vitalidade apontada pelo presidente cessante, José Eduardo Silvestre, que existe atualmente no Rotary Club de Arouca. “Arouca elege um Governador pela dinâmica do clube e prova que não interessa o local onde nascemos, interessa a nossa atitude perante a vida”, sentenciou Sérgio Almeida, que está a tentar trazer a Arouca no ano da sua governadoria o presidente Marcelo Rebelo de Sousa, também ele rotário. RCA

Angelina Tavares, nova companheira do Rotary Club de Arouca

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.