Real Irmandade da Rainha Santa Mafalda promove três concertos de comemoração dos 275 anos do Órgão do Mosteiro de Arouca

Foto: Gabriel Soeiro Mendes

Integrado na comemoração dos 275 anos do Órgão do Mosteiro de Arouca (1743-2018), a Mesa da Real Irmandade da Rainha Santa Mafalda de Arouca promove uma série de três concertos programados para o corrente ano. O primeiro deles realiza-se este sábado, dia 7 de Julho, pelas 21 horas, no Cadeiral.

Haverá primeiro uma breve palestra de abertura sobre o ‘Órgão de Arouca’, seguindo-se o concerto de órgão e sopros protagonizado pelo agrupamento ‘Ventos do Atlântico’, constituído por Alexandre Andrade (flauta), Rui Correia (flauta), Andreia Carvalho (oboé barroco), António Vidal (Oboé Barroco), Joana Almeida (Fagote barroco) e Catarina Sousa (órgão). O grupo vai interpretar peças de Isabela Leonarda, António Vivaldi, Carlos Seixas e W.J. Spourni.

O segundo concerto será a 13 de outubro e o terceiro no dia 27 de novembro, ambos às 21h00.

O Órgão de Tubos do Mosteiro de Arouca data de 1743 e foi construído por Manuel Benito Gómes, organeiro de Valladolid. Contam-se-lhe 1352 tubos, regulados por 24 registos. Este órgão é notável não apenas pela sua sonoridade como pela sua textura organística, implantação no espaço e decoração. Situado entre o coro das freiras e a igreja do mosteiro, permite ao mesmo tempo tornar-se um instrumento de concerto e um instrumento para a liturgia. Está implantado numa estrutura de talha prolicromada que associa a beleza pictórica à qualidade sonora.

Mais informações na próxima edição impressa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.