Dia Mundial da Dança assinalado com espetáculo ‘Arouca a Dançar’

Fotos: CMA

No passado dia 19 de maio, e para assinalar o Dia Mundial da Dança, realizou-se o evento ‘Arouca a Dançar’, este ano com o tema ‘Ao ritmo de outros tempos – Reviver, Recordar: Anos 50 a anos 90’, promovido pela jovem arouquense Sílvia Gonçalves – Dança e Movimento, e pela Câmara Municipal de Arouca. O espetáculo decorreu na Praça Brandão de Vasconcelos e contou com a presença dos grupos de dança ‘Os Panteras’, ‘Wild’, ‘Aerodance’, ‘Dança para Todos’, ‘Espaço Sénior do Município’, ‘Ginástica para Todos’, ‘Dance kids’ e ‘Ritmos’. Participaram também o Centro Paroquial Rainha Santa Mafalda (Patronato), AICIA e ‘Sentir Escariz’.

No final do espetáculo houve uma mega coreografia final com todos os grupos e com público em geral que se quis juntar ao grupo. No total, a iniciativa envolveu cerca de 500 pessoas, que se prepararam para o espetáculo durante vários meses.

A jovem arouquense afirmou que o balanço é “extremamente positivo e que a adesão das pessoas é cada vez maior. É com um orgulho imenso que preparo todo o espetáculo e permitam-me que faça referência à minha mãe pois é ela que faz todos os figurinos que aparecem em palco (passa meses a costurar), assim como toda a gente envolvida na organização e que sem eles não seria possível a apresentação deste espetáculo. Gosto de trabalhar em equipa e só assim se veem os resultados. É uma iniciativa para continuar nos próximos anos”.

Arouca começa a perceber que a dança é de todos e para todos. Quando se acredita, tudo é possível. Adoro a minha profissão e faço tudo de coração. A parte da integração continua a ser muito importante e vou fazer de tudo para continuar a manter essa integração. Já vamos na quinta edição e a ideia é continuar. A fasquia está elevada e para assim continuar é necessário trabalhar. Quero também fazer referência à Câmara Municipal de Arouca por acreditar no meu projeto e por apoiar sempre o ‘Arouca a Dançar’. Em meu nome pessoal, muito obrigada a todos”, declarou Sílvia Gonçalves.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.