Abaixo-assinado apela ao encerramento da pocilga de Mealha

Está a correr na internet um abaixo-assinado que pede o encerramento da pocilga de Mealha, na freguesia de Canelas. Segundo os promotores, este destina-se a ser subscrito por “todas as pessoas e entidades que queiram preservar o meio ambiente” e assenta na ideia que tal pocilga “está a gerar uma propagação muito grande de poluição do meio ambiente”, adiantando que a “sujidade dos porcos está acima da capacidade que a pocilga suporta e está a contaminar os campos e as águas em volta. A água das pessoas da localidade que é de furos ou de minas já está contaminada. As águas do Rio Paiva que eram consideradas limpas estão contaminadas pela sujidade dos porcos dessa pocilga”.

A petição refere ainda que “existem camiões que transportam a sujidade dos porcos para Alvarenga para descarregar em campos” sendo que “as pessoas estão com muitas queixas por causa dos cheiros”, sublinhando que a pocilga está a tornar-se um “meio de contaminação do ambiente e é um atentado para a saúde pública da população de Arouca”, concluindo que por isso as pessoas tem que lutar para que o meio ambiente da natureza de Arouca não fique cada vez mais poluído.

De referir que este assunto foi debatido na última sessão da Assembleia Municipal, realizada no passado dia 27, com a Presidente da Câmara a reconhecer o problema e a assumir o seu empenho pessoal para que a situação seja resolvida.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*