Vale de Cambra dá mais um passo na oferta do ensino e formação profissional

O Município de Vale de Cambra, o Instituto Superior de Engenharia do Porto, a FORESP e o Agrupamento de Escolas de Búzio celebraram no passado dia 26 de março, um Acordo de Parceria que assegura a oferta de Cursos Técnicos Superiores Profissionais que começarão já no próximo ano letivo, um avanço na oferta do Ensino e da Formação em Vale de Cambra.

Para já são cinco os cursos, pretendendo-se também adequar a formação às necessidades da realidade empresarial local e regional: “Automação, Robótica e Controlo Industrial”, “Energia, Eficiência e Sustentabilidade”, “Georrecursos, construção e ambiente”, “Sistemas Eletromecânicos” e “Tecnologia Mecânica” que irão promover a aproximação entre as entidades formativas da área territorial de Vale de Cambra, contribuindo para a afirmação de uma rede concertada de oferta formativa, numa perspetiva de percurso sequencial e de consolidação de conhecimentos especializados, dando acesso ao Ensino Superior.

A Câmara Municipal de Vale de Cambra pretende assim, criar ferramentas para articular eficazmente os recursos formativos locais para dar resposta ao mercado de trabalho, bem como aumentar a crescente promoção de cursos de especialização tecnológica e cursos técnicos superiores profissionais relevantes para o meio sócio-económico.

Um momento “histórico muito importante que vem, finalmente, permitir que articulemos os recursos formativos existentes, complementando os serviços às pessoas, aos alunos integrados em ações de formação e promover uma eficaz divulgação das ofertas formativas locais. Para além disso, com este acordo de parceria pretendemos ir ao encontro das necessidades e das expetativas das nossas empresas”, destacou o Presidente da Câmara, José Pinheiro.

O autarca formalizou o documento lado a lado com João Manuel Simões da Rocha, Presidente do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), João Paulo Meixedo, Presidente da Direção da FORESP – Associação para a Formação e Especialização Tecnológica e Pedro Martins, Diretor do Agrupamento de Escolas de Búzio – Vale de Cambra, na presença do grupo do Executivo Municipal de Vale de Cambra, onde figura também Catarina Paiva, Vereadora da Educação, que teve um papel ativo nesta medida e que enalteceu a importância desta medida como o “pontapé de saída para começarmos a trabalhar em prol dos nossos alunos de Vale de Cambra”.

O acordo entrou em vigor no dia 26 de março, e é válido por 1 ano, renovável por iguais períodos. A Câmara Municipal de Vale de Cambra pretende começar a divulgar os Cursos muito em breve.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*