Escolas de Arouca e Caminha vencem 2.ª edição das Olimpíadas de Educação Financeira

A Escola Básica de Arouca (turma 6.ºB) e a Escola Básica Vale do Âncora (turma 4.º A), em Caminha, venceram a segunda edição das Olimpíadas de Educação Financeira. Tratou-se de uma iniciativa, realizada ao longo do mês de março, que recebeu a participação de mais de 5 mil alunos e que teve como objetivo promover a literacia financeira junto de crianças e jovens do primeiro e segundo ciclos do ensino básico.

A final decorreu no passado dia 22 de março, na Fundação Cupertino de Miranda, no Porto, e juntou cerca de 800 crianças de 31 escolas da região do Porto e Norte.

Segundo a organização, cada um dos 34 municípios participantes levou à final uma turma do primeiro ciclo e outra do segundo, tendo sido escolhidas as que passaram com sucesso pela primeira fase da competição.

No que diz respeito ao 1º Ciclo do Ensino Básico em primeiro lugar ficou a Escola Básica Vale do Âncora (turma 4.º A), de Caminha, seguida da Escola Básica de Travanca (turma 4.º X), de Oliveira de Azeméis, que ficou em segundo lugar. No terceiro posto ficou a Escola Básica de Gondivai (turma 3.º D), de Matosinhos.

Já no que toca ao segundo ciclo do ensino básico, a Escola Básica de Arouca (turma 6.ºB) foi a vencedora. A segunda e terceira posições do pódio foram ocupadas pela Escola Básica 2,3/S Paredes de Coura (turma 6.º D) e Escola Básica de Amarante (turma 6.º F), respetivamente.

As Olimpíadas consistiram num conjunto de questões relacionadas com os vários temas de educação financeira que, de acordo com o Referencial de Educação Financeira publicado pelo Ministério da Educação, devem ser lecionados no primeiro e segundo ciclos do ensino básico. Depois de uma primeira fase online, as equipas vencedoras disputaram a final, num evento que contou com a presença de representantes da Fundação Cupertino de Miranda, do Ministério da Educação, da Faculdade de Economia da Universidade do Porto e do Banco de Portugal.

A iniciativa está integrada no projecto “No poupar está o ganho”, cujo propósito é preparar as crianças e jovens “para enfrentar cenários financeiros cada vez mais arriscados e complexos e capacitá-los a tomarem decisões financeiramente corretas e a adotarem boas práticas no uso do dinheiro”.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.