Escola de Condução Arouquense celebrou 50º aniversário

Foi a 19 de março de 1968 que abriu portas a primeira escola de condução em Arouca, pelas mãos do Sr. Teixeira. 50 anos depois a Escola de Condução Arouquense continua em atividade, tendo celebrado o aniversário na passada segunda-feira, dia 19 de março, nas próprias instalações, na Avenida 25 de Abril, em Arouca.

Na cerimónia estiveram presentes o atual proprietário, Marcos Rocha, o fundador, Sr. Teixeira, a vereadora da Câmara Municipal de Arouca, Fernanda Oliveira, o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Arouca, José Gonçalves, entre outras personalidades arouquenses, alunos e colaboradores.

O fundador da escola, Sr. Teixeira, abriu os discursos e falou sobre como tudo começou, contando, orgulhoso, que no primeiro dia de atividade fez mais de 30 inscrições. “Faz hoje 50 anos que esta terra me recebeu com carinho, onde consegui abrir a minha primeira escola de condução, que fez de mim um industrial do ensino da condução automóvel”, afirmou. Desejou também “que esta escola seja fértil ao povo de Arouca e ao seu atual proprietário como foi fértil para mim. Tudo fazemos e vamos continuar a fazer para que a segurança rodoviária deste país seja cada vez melhor e mais segura”.

Marcos Rocha, natural de Escariz, é proprietário da Escola de Condução Arouquense há 8 anos. Possui mais duas escolas de condução, mas, em declarações ao DD, afirmou que é “uma honra muito grande ter aqui uma escola e ser proprietário dela”, visto que, outrora ele próprio tirou a carta nesta mesma escola. Marcos Rocha falou também das dificuldades que as escolas de condução enfrentam e confessou que as inscrições têm diminuído, muito por culpa do decréscimo da taxa de natalidade e também pela “muita e feroz” concorrência.

Temos tentado fazer o melhor possível para levar isto a bom porto. Estou consciente de que o trabalho que fazemos aqui é um trabalho digno e profissional e tenho uma boa equipa de instrutores que me dá garantias de que os alunos saem daqui bem preparados”, afirmou a concluir.

Atualmente, a Escola de Condução Arouquense tem quatro funcionários e recebe cerca de 120 alunos por ano.

Marcos Rocha, o proprietário da escola, no uso da palavra

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*