Vale de Cambra quer promover o território com Centro de BTT

Fotos: CMVC

O Município de Vale de Cambra vai criar um Centro de BTT e Ciclismo. A apresentação do projeto decorreu no passado dia 11 de janeiro, na Cafetaria do Parque da Cidade de Vale de Cambra, e contou com a presença de vários amantes das bicicletas e do desporto em duas rodas, representantes da oferta turística local, Alexandre Domingues, ex-diretor da Federação de Ciclismo e José Pinheiro, presidente da Câmara do município.

O dia 11 de janeiro ficou marcado pela apresentação do projecto de candidatura à criação de um “Centro de BTT/Ciclismo de Vale de Cambra”. Trata-se de um projecto que pretende criar uma “rede viária” que congregue o ciclismo de montanha, nas vertentes BTT e Estrada, aldeias, alojamento turístico, produtores de vinho, restauração e pontos de interesse relevantes para visita. Tudo dentro do mesmo projeto.

O objetivo principal é promover o território, unindo sinergias entre os promotores turísticos e os grupos dinamizadores do ciclismo local, divulgando e fomentando a micro economia, sobretudo, do interior deste Concelho”, afirma a Câmara Municipal em nota à imprensa.

O projecto contará com 11 percursos por todo o concelho, num total de 400km, dos quais 197km são percursos sinalizados de BTT, 78km de BTT orientados por GPS e 124km de estrada orientados por GPS.

O plano prevê um edifício de apoio ao Parque da Cidade equipado com wc e balneários, requisitos obrigatórios que o edifício onde está instalado o Centro de Marcha e Corrida já dispõe, estando apenas em falta um espaço para lavagem de bicicletas, oficina self-service e painel informativo com rede de percursos e características técnicas. Este edifício será um dos três pontos de partida dos praticantes, sendo que outro será na Aldeia da Felgueira, em Arões e o último no Arestal, em Junqueira. O projecto poderá atingir os 100 mil euros.

Perante vários amantes das bicicletas e do desporto em duas rodas e representantes da oferta turística local, José Pinheiro, presidente da Câmara Municipal de Vale de Cambra, destacou a importância do projecto para o impulso turístico do concelho, destacando também as vertentes da mobilidade sustentável, da formação, do Turismo Ativo e da Dinamização económica do interior do território como grandes apostas que poderão beneficiar com a implementação do Centro de BTT/Ciclismo, ligando pessoas, pontos de interesse, operadores turísticos, alojamento, gastronomia, produção de vinho e produtos endógenos numa grande rede turística.

Alexandre Domingues, ex-diretor da Federação de Ciclismo, fez uma apresentação detalhada do projecto a todos os presentes, afirmando que o BTT é uma modalidade que tem crescido e angariado cada vez mais praticantes, tendo sido criados, desde 2011, dezenas de Centros de BTT pelo país.

Para a concretização do projecto, a Câmara Municipal vai submeter uma candidatura ao programa ‘Valorizar’, programa que tem como finalidade apoiar iniciativas com interesse para o turismo, que promovam a coesão económica e social do território e a contínua qualificação dos destinos através da regeneração, requalificação e reabilitação dos espaços públicos com interesse para o turismo e da valorização do património cultural e natural do país, bem como o desenvolvimento do interior. Caso não consiga financiamento, José Pinheiro afirmou que o projecto avançará na mesma, ainda que de forma faseada.

Texto de Andreia Borges

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*