Depois da eliminação na Taça de Portugal, F.C. Arouca venceu em casa

Foto: BnR

O Arouca recebeu e venceu o Santa Clara (2-0), no passado dia 26 de novembro, no Estádio Municipal de Arouca, num jogo a contar para 14ª jornada da II Liga de Futebol. Depois da derrota frente ao Caldas, nas grandes penalidades, para a Taça de Portugal, a equipa arouquense bateu o Santa Clara com golos de Bukia e Jefre Vargas.

Depois do jogo do passado dia 19 de novembro, a contar para a Taça de Portugal, onde o Futebol Clube de Arouca perdeu frente ao Caldas nas grandes penalidades e foi consequentemente eliminado da prova, a formação de Miguel Leal regressou às vitórias, desta vez para o campeonato.

Num encontro equilibrado e com poucas oportunidades de golo, o Arouca recebeu e venceu o Santa Clara, colocando-se cedo em vantagem no marcador. No entanto, quem entrou melhor no jogo foi a equipa visitante, que obrigou a uma defesa de Bracali logo aos 20 segundos.

O domínio dos açorianos não durou muito tempo, já que, aos 11 minutos, Bukia marcou o primeiro golo da partida, na sequência de um cruzamento de Barnes. O Santa Clara continuou a responder e a lutar pelo golo, que quase surgiu aos 21 minutos. Fernando entrou por entre os centrais arouquenses, mas Deyvison afastou o perigo. 1-0 era o resultado no final do primeiro tempo.

Na segunda parte, o jogo continuou equilibrado, sendo notórias as dificuldades do Santa Clara em criar perigo. Já nos minutos finais, o treinador Miguel Leal fez entrar Jefre Vargas para o lugar do avançado Bukia, autor do primeiro golo.

O jogador recém entrado aumentou logo a vantagem, aos 86 minutos, depois de um passe de Barnes, sem hipótese para o guardião da equipa visitante. 2-0 foi o resultado final.

Com este resultado, o Arouca encontra-se na 9ª posição da tabela classificativa, com 22 pontos. Já o Santa Clara ocupa o 4º lugar da lista, com 25 pontos.

O próximo jogo é frente ao Benfica B, às 16h do dia 3 de dezembro.

F.C. Arouca

Santa Clara

2

0

1 Ao intervalo 0

Bracali

Serginho

João Amorim

Toni

Deyvison

Marcelo Oliveira

Benny

Vítor Alves

Vítor Costa

João Reis

Ericson

Minhoca (Berny Burke, 85′)

Bruno Alves (André Santos, 55′)

Osama Rashid

Palocevic

Saldanha (Pineda, 60′)

Bukia (Jefre Vargas, 85′)

Pacheco

Barnes

Thiago Santana

Areias (Roberto, 64′)

Fernando (Clemente, 68′)

MIGUEL LEAL

CARLOS PINTO

ÁRBITRO: Nuno Almeida (AF Algarve).

GOLOS: Bukia (11′) e Jefre Vargas (86′).

DISCIPLINA: Cartão amarelo a: João Reis (33′), Barnes (45+1′), Ericson (61′), Minhoca (75′), Bukia (79′) e Pineda (79′).

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*