Arouca é referência nacional em sustentabilidade alimentar

Arouca acaba de receber mais um prémio. O projeto GeoFood recebeu a segunda Menção Honrosa na categoria Sustentabilidade Alimentar, no Food & Nutrition Awards – um galardão de relevo nacional no setor alimentar, que premeia projetos e iniciativas que se destacam na valorização da produção nacional e na promoção de estilos de vida e hábitos alimentares saudáveis. A distinção foi anunciada no passado dia 16 de outubro, Dia Mundial da Alimentação, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, e reconhece o GeoFood como um projeto de referência nacional ao nível da sustentabilidade alimentar.

Para a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém, este prémio demonstra que “o município está no caminho certo. Estamos a trabalhar junto dos nossos produtores e restaurantes, no sentido de agregar a educação e a saúde como fator de inovação, sustentabilidade e empreendedorismo, ao mesmo tempo que valorizamos a produção local e promovemos estilos de vida saudáveis”.

O GeoFood é um projeto do Município de Arouca, em parceria com a AGA – Associação Geoparque Arouca, que pretende integrar alimentação e território, turismo e saúde, sustentabilidade e sabor, aproximando o consumidor, cliente e turista de natureza, dos produtos e da cultura do concelho. Ao interligar e potenciar as sinergias e qualidades intrínsecas dos atores locais, as características naturais do território e os agentes comerciais, o GeoFood pretende valorizar, diversificar e identificar um destino turístico de natureza já reconhecido – Arouca Geopark – também como um destino turístico de bem-estar, promotor de estilos de vida saudáveis.

O GeoFood trabalha o sistema alimentar como um todo. Para isso, sensibiliza os atores locais, aproxima o produtor do consumidor e aumenta o conhecimento sobre os produtos locais, contribuindo para a valorização dos alimentos ao longo do canal produção-transformação-distribuição-consumo, para a integração dos produtos agrícolas na oferta turística do território e para a diversificação da oferta gastronómica nos restaurantes através de uma revisão dos seus menus.

Dois meses após a apresentação oficial (em outubro de 2016), o GeoFood já contava com seis parceiros no setor da restauração. Enquanto os restaurantes colmatam algumas necessidades ao nível da oferta gastronómica, no que diz respeito às alternativas vegetarianas, vegan e às intolerâncias e alergias alimentares, o consumidor pode escolher menus que privilegiam os produtos locais e o respeito pelo ambiente, identidade local, saúde e sabor, quer nas suas vertentes tradicionais, quer inovadoras.

Foi com muito orgulho que recebemos a notícia de que o GeoFood, do qual fazemos parte, recebeu esta Menção Honrosa. Agir e consumir localmente são dois pilares que nos orientam e este projeto trouxe-nos a oportunidade de usar a criatividade recorrendo ao que melhor a nossa terra tem para oferecer”, realça Paula Brito, do Hotel S. Pedro, um dos parceiros GeoFood. Além do Hotel S. Pedro, também é possível degustar menus GeoFood nos restaurantes Avistada, Casa Caetano, Pedestre 142 e Pedrógão. CMA

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*