Fernando Mendes não esquece quem vive da terra: “Colheitas” é a festa da nossa gente

COMUNICADO | A Feira das Colheitas, que arranca esta quinta-feira, mostra as potencialidades de um concelho que sabe preservar as suas raí­zes e tradições, afirma o candidato da coligação ‘Somos Arouca’ à Câmara Municipal, Fernando Mendes.

Por estes dias reforçamos o nosso sentimento de pertença, numa autêntica ‘montra’ que reúne lavradores, criadores de gado, artesãos, doceiros e viticultores. Considerado o ponto alto da vida associativa do município, diríamos mesmo que este evento é a festa da nossa gente”, salienta.

Fernando Mendes sublinha a importância de serem implementadas políticas eficazes de apoio à agricultura, designadamente aos pequenos agricultores que têm dificuldades em escoarem os seus produtos.

Estamos atentos a esta realidade e temos prevista uma série de medidas dirigidas ao sector, uma delas – já anunciada – será a criação de um programa específico de incentivo aos produtores de bovinos de raça arouquesa”, diz, acrescentando que “quem vive da terra, muitas vezes em precárias condições, não será esquecido”.

A Feira das Colheitas foi realizada pela primeira vez em 1944, mantendo-se com idênticas características ao longo de algumas décadas, durante as quais a população continuou essencialmente “amarrada” à agricultura.

A partir da década de 60, o evento entrou em declínio, já que o sector agrícola acabou por ser progressivamente entregue aos “braços mais cansados” – com o advento da guerra nas ex-colónias e a emigração em massa para França e outros países europeus, com o desenvolvimento da indústria, do comércio e dos serviços.

A iniciativa volta nos nossos dias a ter um papel preponderante para a promoção do município, tendo diversificado as actividades e conseguido, desta forma, voltar a atrair visitantes de todo o Paí­s.

Fernando Mendes vai implementar pacote de medidas para sector agrícola: “Os agricultores podem contar comigo”

O candidato da coligação ‘Somos Arouca’ à Câmara Municipal, Fernando Mendes, assumiu esta quinta-feira que a agricultura tem de ser considerada um sector estratégico para o município, com um conjunto de políticas que não coloque de parte quem vive da terra.

Arouca tem um forte pendor agrícola que não pode ser sucessivamente desvalorizado. Por isso, o nosso programa de ação contempla um pacote de medidas dirigidas ao sector. Os agricultores podem contar comigo”, disse.

Fernando Mendes falava à margem do Concurso Nacional da Raça Arouquesa, uma iniciativa promovida pela Cooperativa Agrícola de Arouca no âmbito do programa da Feira das Colheitas, a decorrer até ao próximo domingo. Aos produtores de bovinos de raça arouquesa ali presentes, o candidato dirigiu “uma palavra de incentivo e a certeza de que não serão esquecidos”, reafirmando que – caso seja eleito – será implementado um programa específico de incentivo à criação de gado tradicional.

Recorde-se que o plano – já gizado pela equipa multidisciplinar da candidatura da coligação ‘Somos Arouca’ – permitirá que os produtores recebem, por cada cria (nascida e registada no concelho), 75 euros. O incentivo integra ainda uma majoração de 125 euros por cada novilha que tenha atingido os 18 meses, destinada à reprodução.

Além deste apoio, contempla a dinamização de um festival gastronómico da raça arouquesa e a elaboração de um programa de pastorícia que contribuirá para melhor ordenamento do território e prevenção contra incêndios.

O pacote de medidas a executar prevê ainda estabelecer uma parceria entre o programa Arouca Agrícola e a Cooperativa Agrícola de Arouca, valorizando desta forma o projecto. Outras das iniciativas é a criação de infra-estruturas para a realização da Feira Agrícola (com melhores condições) e a adopção de uma bolsa de incentivo ao empreendedorismo jovem agrícola.

Quem vive da terra, muitas vezes em precárias condições, tem de merecer mais atenção por parte da autarquia”, acrescentou Fernando Mendes.

Coligação ‘Somos Arouca’

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*