Diálogos musicais no Mosteiro de Arouca

Fotos: CCD

Teve lugar no fim de tarde do dia 30 de julho de 2017, na sala do Capítulo do Mosteiro de Arouca, um recital para dois violinos, executado pelas violinistas Laura Rickard, de nacionalidade inglesa e Matilde Loureiro, portuguesa, com raí­zes familiares em Arouca e de quem partiu a sugestão para este evento.

Durante uma hora, e num lindo cenário como é a sala do Capí­tulo, estes dois violinos estabeleceram um belíssimo diálogo musical entre si, deliciando, certamente, todo o público que enchia este emblemático espaço conventual.

Destinado outrora ao diálogo da abadessa com as suas freiras, sobre o andamento da vida daquela comunidade cisterciense, este espaço foi, desta vez, palco de um interessante diálogo musical, conduzido pelas mãos de duas experientes violinistas, premiadas já com diversos troféus em concursos e festivais internacionais.

Interpretando várias peças de diversos compositores dos sec. XVII, XVIII e XIX, tais como Haydn, Bach; Prokofiev e Bela Bartók, e que foram recebendo algumas breves notas explicativas pela violinista portuguesa, este diálogo musical que se foi desenvolvendo em andamentos, ora suaves e melodiosos, ora agitados e tumultuosos, constituiu um belíssimo momento musical que entusiasmou o vasto público aí presente.

Até a presença virtual da abadessa, imaginariamente sentada na sua imponente cadeira abacial, não terá ficado indiferente ao belí­ssimo recital que estes “dois violinos no Mosteiro” ofereceram ao público, num fim de tarde de Domingo, graças à  iniciativa da Associação Cí­rculo Cultura e Democracia.

Texto de José Cerca

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*