Aroucamion: Qualidade no serviço é a palavra de ordem

O Empresas & Empresários desta semana dá-lhe a conhecer a Aroucamion, uma empresa que se dedica ao comércio e recuperação de veículos pesados, principalmente carros de bombeiros.

Há negócios que começam por acaso. E este foi um pouco assim, começamos por ir lá fora buscar uma máquina ou outra, para uso próprio, uma vez que Manuel António trabalha no sector Florestal. Numa dessas vezes não se comprou uma máquina mas sim um camião de combate de incêndios, quase como por brincadeira”, contou Laurinda Brandão. “Vendemos esse carro e compramos mais dois ou três e vendemo-los. O negócio foi crescendo e então, em Setembro de 2010 criamos a empresa S.F.M, com sede em França, dedicada ao comércio de camiões e máquinas florestais”, explicou. A empresa esteve a laborar a nível nacional até Agosto de 2013, data em que foi fundada a Aroucamion, com sede inicial em Várzea até Janeiro de 2016 e gerida por Laurinda Brandão, pelo marido Manuel Fonseca e pelo irmão Carlos Brandão.

A empresa localiza-se agora na Zona Industrial São Domingos 2, em Arouca, depois da construção de novas instalações. “As instalações antigas não tinham condições e aqui temos espaço e melhores acessos”, referiu Laurinda Brandão, gerente da empresa, admitindo que se fosse agora teria escolhido instalar a empresa em Santa Maria da Feira (por exemplo), por ser um local “perto de tudo” e porque seria “mais fácil arranjar mão-de-obra”.

A Aroucamion dedica-se à recuperação e comercialização de veículos pesados, maioritariamente veículos de combate a incêndios, empregando actualmente 6 colaboradores, 4 na parte de recuperação e 2 na administração.

O principal público da empresa são as corporações de bombeiros, sendo que já vendeu carros por todo o país, incluindo Arouca, que tem já na rua dois camiões vendidos pela Aroucamion. A empresa começa também a internacionalizar-se, tendo vendido para a Argentina e Itália.

Segundo Laurinda Brandão, os carros que compram para recuperação vêm da França, esclarecendo que “são carros em ótimo estado, muito operacionais e bem compactados para a floresta”.

A Aroucamion tem como objetivo a longo prazo a criação dos próprios carroçamentos, mas a gerente admite que não será para breve. “É uma situação que vamos pensando, são outros encargos que não se conseguem de um dia para o outro. Até aqui o objetivo era criar as instalações que temos, já conseguimos, agora é continuar”.

Depois de terem trabalhado cerca de dois anos em condições adversas, a gerente não poupou elogios aos colaboradores, afirmando que “um bocadinho do que somos hoje, devemos a eles”.

No que diz respeito a publicidade, Laurinda Brandão considera que “a forma como trabalhamos ajuda, para que os nossos clientes passem a palavra, que é a melhor publicidade que podemos ter. Actualmente as pessoas procuram-nos porque os nossos clientes nos recomendam”. Além do passa-palavra, a Aroucamion dispõe ainda de página no facebook – www.facebook.com/aroucamion.aroucamion.5/.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*