Semana da Europa no Agrupamento de Escolas de Arouca sob o lema “A EUropa somos NÓS!”

Eurodeputado com o grupo organizador da palestra

O Agrupamento de Escolas de Arouca, ‘Escola Embaixadora do Parlamento Europeu’, comemorou a Semana da Europa. A abrir as comemorações, a escola recebeu, no passado dia 8 de maio, o eurodeputado do PCP, Miguel Viegas que integra, no Parlamento Europeu, o Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde, sendo membro da Comissão dos Assuntos Económicos e Monetários.

A sessão informativa intitulada “ FAZER a EUropa”, orientada pelos Embaixadores Júniores do AEA, foi bastante apelativa e o auditório da Escola Secundária de Arouca foi pequeno para acolher tantos alunos que se mostraram interessados pelo tema. Miguel Viegas falou aos alunos do AEA sobre as instituições europeias, o seu funcionamento e a sua importância na vida dos cidadãos. Apresentou ainda ao público uma visão detalhada sobre o funcionamento do Parlamento Europeu, o órgão legislativo da EU, diretamente eleito pelos cidadãos europeus, de cinco em cinco anos, constituído por 751 deputados e presidido por Antonio Tajani. Na sessão foi também discutida a situação de Portugal no contexto europeu e os desafios que a Europa presentemente enfrenta e outros com os quais terá que lidar num futuro próximo. A este propósito, falou-se da publicação recente do Livro Branco sobre o Futuro da Europa, Reflexões e cenários para a UE27 em 2025, leitura obrigatória nos tempos conturbados que a Europa vive.

Outro ponto fulcral da sessão foi a sensibilização para a importância do voto nas eleições para o Parlamento Europeu, em 2019, procurando, assim, combater a significativa abstenção das massas mais jovens, que se sentem distantes do projeto europeu. Por isso, a Embaixadora Júnior Filipa Saavedra, no seu discurso de abertura, apelava à participação dos jovens na construção da EUropa: “O título desta palestra “FAZER a Europa” pode parecer estranho, sabendo nós que a Europa é quase sexagenária, mas diz muito sobre o que a Europa, de facto, é. Ela não está “feita”, ela é uma construção. Somos nós que a fazemos e a responsabilidade da sua vitalidade e da sua manutenção é nossa!”. Estas palavras atualizam, com muita propriedade, as que Robert Schuman proferiu, em 1950: A Europa não se fará de uma só vez, nem de acordo com um plano único. Far-se-á através de realizações concretas que criarão, antes de mais, uma solidariedade de facto.’.

Uma nota final para a participação dos alunos, que não se inibiram de colocar inúmeras questões ao eurodeputado, tornando a sessão mais dinâmica.

Autores: Embaixadores Juniores do AEA | Fotos: Carlos Pinho

Miguel Viegas, eurodeputado do PCP, em diálogo com os alunos

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*