Vitória e permanência na I Liga

Foto: MaisFutebol

O Arouca venceu o Feirense (2-0), no passado sábado, dia 15 de abril, no Estádio Municipal de Arouca, em jogo da 29ª jornada da I Liga de Futebol. Depois do empate frente ao Paços de Ferreira da jornada anterior, a equipa arouquense venceu com dois golos apontados por Kuca. A formação de Jorge Leitão pode assim respirar de alívio: alcançou os 30 pontos e a manutenção está garantida.

Depois do empate frente ao Paços de Ferreira do passado dia 8 de abril, a contar para a 28ª jornada do campeonato, com um golo apontado por André Santos, o Arouca regressou às vitórias, em casa, frente ao Feirense. A equipa arouquense ficou em vantagem logo aos 15 minutos de jogo, com um golo de Kuca de grande penalidade e, no início da segunda parte, o mesmo jogador bisou, permitindo ao Arouca atingir a marca dos 30 pontos e garantir a manutenção na primeira liga.

Jorge Leitão deixou Nelsinho no banco substituindo-o por Hugo Basto e colocou Adilson a titular, no lugar de Nuno Valente. Já do lado do Feirense, Sony e Babanco entraram para os lugares de Barge e do castigado Vítor Hugo. O treinador do Feirense deixou ainda o capitão Cris no banco, fazendo entrar Ricardo Dias para o seu lugar e Edson para a posição de Fabinho.

O Futebol Clube de Arouca começou o jogo com mais posse de bola e ficou em vantagem logo aos 15 minutos, através de um penálti. Na sequência de um cruzamento rasteiro de Artur, Kuca recebe a bola e cai, tocado por Paulo Monteiro. O árbitro assinalou grande penalidade e Kuca converteu, deixando o Arouca em vantagem no marcador.

Aos 24 minutos de jogo, Tomané esteve perto de marcar o segundo da equipa da casa, mas Monteiro evitou o golo. O Arouca dominou a primeira parte e o Feirense não conseguiu fazer nenhum remate à baliza.

O segundo tempo começou de feição para o Arouca, com o segundo golo a surgir aos 51 minutos. Adilson entrou na área pela direita e centrou ao segundo poste, onde apareceu Kuca que bisou na partida, deixando a formação de Jorge Leitão mais à vontade.

A partir daí só deu Feirense. A equipa de Santa Maria da Feira tentou a todo o custo diminuir a desvantagem e até conseguiu marcar, mas o árbitro entendeu que estava em fora de jogo e anulou o golo. Depois disso a melhor oportunidade foi protagonizada por Etebo, aos 72 minutos, que atirou ao lado da baliza de Bolat. Também aos 83 minutos, Tiago Silva falhou o passe para Karamanos e Anderson Luís afastou o perigo tirando a bola da área.

Nos minutos finais o Feirense dominou totalmente o jogo, mas o resultado não se alterou. O Arouca conseguiu assim ultrapassar a marca dos 30 pontos e garantiu a manutenção entre os “grandes de Portugal”.

Com esta vitória, a equipa de Jorge Leitão ocupa a 13ª posição da tabela classificativa, com 31 pontos. O Feirense ocupa o 11º lugar da lista, com 35 pontos.

Texto de Andreia Borges

F.C. Arouca

C.D. Feirense

2

0

1 Ao intervalo 0

38 – S. Bolat

91 – Vaná

3 – Hugo Basto

28 – Jean Sony

33 – Jubal

32 – Flavio

66 – Nuno Coelho

37 – Paulo Monteiro

5 – Anderson Luís

5 – Babanco

7 – Artur (Nuno Valente, 83’)

30 – Luís Aurélio (Fabinho, 77’)

26 – André Santos

18 – Ricardo Dias (Hugo Seco, 60’)

8 – Adilson Goiano

12 – Edson Paraíba

17 – Kuca

8 – Tiago Silva (William Tchuameni, 86’)

16 – Tomané (Walter González, 90’)

95 – Peter Etebo

11 – Sami (Mateus, 46’)

9 – A. Karamanos

JORGE LEITÃO

NUNO MANTA

4x3x3

4x2x3x1

ÁRBITRO: Bruno Alexandre da Silva Esteves.

GOLOS: Kuca (p. 15’, 51’).

DISCIPLINA: Cartão amarelo a: Paulo Monteiro (14’), Artur (35’), Ricardo Dias (38’), Edson Paraíba (65’) e Nuno Coelho (78’).

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*