Britoflex: onde o conforto dos clientes é prioridade

O Empresas & Empresários desta semana dá-lhe a conhecer a Britoflex, uma empresa que fabrica todo o tipo de colchões, almofadas e estrados, sediada na Zona Industrial das Lameiradas, em Mansores, Arouca. Com quase 30 anos de existência, a Britoflex continua a inovar, nos produtos e nos equipamentos, no sentido de acompanhar o mercado e satisfazer os clientes.

Para contar a história da Britoflex, Indústria de Colchões Lda, é importante recuar a 1989, ano em que os irmãos Brito decidiram dedicar-se ao fabrico de colchões. “A ideia surgiu por brincadeira, como éramos empregados numa empresa de colchões, um dia lembramo-nos de trabalhar por nossa conta”, contou António Brito, gerente da empresa. Nessa altura, os irmãos Brito eram os dois únicos sócios e funcionários da empresa, iniciando a atividade na cave de um deles, em Carregosa.

Dois anos depois, em 1991, alugaram um pequeno pavilhão e mudaram de instalações, admitindo os três primeiros funcionários. Voltaram a mudar de instalações em 1994, porque o espaço começava a ser pequeno para a produção que o mercado exigia, e contrataram mais cinco funcionários.

Em 1997, os dois irmãos decidiram comprar um terreno em Mansores, Arouca, e aí construíram as instalações que se mantém até hoje. A última mudança deu-se em 1999, tendo sido admitidos mais cinco funcionários.

Em maio de 2009, a Britoflex, empresa especialista no fabrico de todo o tipo de colchões (inclusive por medida), almofadas e estrados, passou a ser gerida apenas pelo sócio António Brito que, a partir dessa altura, tem vindo a fazer grandes investimentos em maquinaria e infraestruturas. O empresário fez um grande investimento em “máquinas modernas para melhorar o produto” em 2011 e 2015. Em 2016, construiu uma plataforma no interior da fábrica “para arrumar as matérias primas” e um pequeno armazém no exterior e, em janeiro de 2017, António Brito decidiu investir em publicidade e fez centenas de novos catálogos para os clientes.

Além das zonas de produção, a empresa dispõe também de uma sala de exposições, onde os clientes têm a oportunidade de conhecer alguns dos produtos fabricados na empresa.

Atualmente a Britoflex emprega 21 pessoas, maioritariamente de Arouca, e tem valores de faturação a rondar os dois milhões de euros por ano.

Segundo António Brito, a empresa vende um pouco para todo o país, nomeadamente, “Lisboa, Paços de Ferreira, Paredes, e em praticamente todas as casas de móveis aqui de Arouca e no Porto”. A nível internacional, exporta para Angola. Além destes, vende muito a particulares.

O empresário confessou-nos que abril e maio “são os meses mais parados na empresa, mas os meses seguintes acabam por compensar”, acrescentando que tem notado menos consumo desde 2010, atribuindo esse facto à construção civil que também não tem crescido.

António Brito afirmou que o principal objetivo para o futuro é manter o que já tem e continuar a fabricar com qualidade para satisfazer os clientes, tendo sempre em consideração os conceitos essenciais definidos: conforto, estética, durabilidade, versatilidade, eficiência e modernidade.

Poderá saber mais sobre a empresa na página online (www.britoflex.com), na página do facebook (www.facebook.com/britoflex), ou através do número 256 920 070. Se pretender visitar a sala de exposições e conhecer os produtos, o horário de funcionamento é de segunda a quinta, das 8h às 18h e à sexta-feira das 8h às 15h30.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*