Quinta Corgo D’Água considerada “1º produtor de enchidos arouquense”

O Empresas & Empresários desta semana dá-lhe a conhecer a Quinta Corgo D’Água, uma empresa de produção de enchidos, sediada em Canelas, Arouca. O projeto surgiu em 2014, pelas mãos de Nelson Cardoso e dos pais, inicialmente com a venda de leitões, tendo surgido mais tarde a ideia do fumeiro.

Intitulado como “1º produtor de enchidos arouquense”, a Quinta Corgo D’Água surgiu em 2014, “com a aquisição de 15 porcos”. O objetivo inicial era produzir leitões para comercializar, mas outras circunstâncias levaram a família a optar pela produção de enchidos.

Isto partiu de um sonho da minha mãe que queria ter algo que lhe permitisse ganhar mais algum dinheiro no final do mês. Começou por vendar pão e broa caseira, mas o negócio não resultou. Até que um dia estávamos a ver um programa de televisão onde se estavam a comercializar porcos vivos e achamos que seria uma boa ideia. Vendemos as cabras e fomos comprar porcos. No início vendíamos leitões de assar e para recria, mas depois as coisas começaram a correr mal e decidimos começar a produzir e comercializar enchidos”, explicou Nelson Cardoso.

Salpicão, mouras, chouriça de sangue, chouriça de carne e presunto são os produtos comercializados atualmente, mas Nelson Cardoso não escondeu a vontade de alargar a variedade de produtos para bacon, pernil fumado, orelheira e venda de banha de porco.

Todos os produtos são feitos em casa, de forma tradicional, o que também limita a produção de certos produtos. “Por termos uma legalização caseira não nos é permitido vender para o retalho, só vendemos ao consumidor final”.

O produtor afirmou que os próximos objetivos da “Quinta Corgo D’Água” são alargar a variedade de produtos, conseguir vender em vários locais do país e construir um unidade devidamente legalizada, com todas as condições impostas por lei, para que no futuro se possa vender em grandes superfícies comerciais. Outro dos objetivos é que o espaço tenha um “local de provas”.

Nelson Cardoso afirmou que os principais clientes são de Arouca, mas os produtos começam agora a ser conhecidos noutras partes do país, como o Porto e Vale de Cambra. “Inicialmente e com a abertura dos Passadiços, os nossos principais clientes eram do sul do país, que nos conheciam através de feiras onde participamos. Atualmente é o concelho de Arouca que mais consome”.

Como principais meios de publicidade a “Quinta Corgo D’Água” tem página no facebook, onde é possível visualizar os produtos que comercializa, participa em várias feiras agrícolas do concelho e tem um pequeno ponto de venda em Canelas, assim como alguns outdoors. Os produtos também são devidamente rotulados.

Gostaria de agradecer à Câmara Municipal de Arouca, à Santa Casa da Misericórdia, à loja Arouca Agrícola, à Padaria da Vila e ao Restaurante Varandinha, que nos têm ajudado”, terminou.

A “Quinta Corgo D’Água” está aberta ao público todos os dias. Poderá também contactar através do número 917 098 437.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*