Cambra Pé: onde a saúde do pé é prioridade

O Empresas & Empresários desta semana dá-lhe a conhecer a Cambra Pé, um consultório cuja intervenção se centra na podologia (saúde dos pés), estética e, mais recentemente, no exercício clínico no pré e pós parto. Fundada em 2015, tem sede na Avenida Vale de Caima, em Vale de Cambra, e é conduzida por Margarida Coutinho.

A história profissional de Margarida Coutinho não começou da melhor forma, mas teve um “final” feliz. Depois de não ter entrado no curso que tinha escolhido como primeira opção, decidiu ingressar em podologia porque tinha várias cadeiras semelhantes. Pouco depois teve a oportunidade de mudar para o curso que inicialmente queria, mas o gosto pela podologia já não lhe permitiu alterar. Na altura em que concluiu o curso superior, em 2009, começou a trabalhar na área, tendo montado um pequeno consultório em casa e, ao mesmo tempo, fez o Mestrado.

Mais tarde surgiu a necessidade de crescer e assim nasceu a Cambra Pé, em fevereiro de 2015, pelas mãos de Margarida Coutinho, do marido e dos pais.

A Cambra Pé tem como principal área de intervenção a podologia que “é uma ciência na área da saúde que analisa e investiga o pé e tem como objetivo o diagnóstico e a terapêutica das patologias que o afetam e das suas repercussões no organismo humano”, afirmou Margarida Coutinho. Nesta vertente, os serviços prestados no consultório são o tratamento de onicomicoses (micose nas unhas), onicogrifoses (unhas grossas), onicocriptoses (unhas encravadas), dermatomicose (micose da pele), dermatopatias (patologias da pele), queratopatias (calosidades), verrugas, úlceras, helomas (calos), tendinites, esporão do calâneo, pé plano, pé cavo, alterações digitais (alterações nos dedos), dismetrias/heterometrias (diferenças nos comprimentos dos membros), entre outros.

Existe também, mais recentemente, um espaço dedicado a grávidas – o Cambra Mamãs – onde se destaca o exercício clínico no pré e pós parto. As principais áreas de intervenção do Cambra Mamãs são o pilates clínico para grávidas, recuperação pós parto, método hipopressivo, tratamento das disfunções do pavimento pélvico e incontinência urinária.

Além destes serviços, a Cambra Pé tem também disponível a vertente estética, com depilação a cera e a laser, unhas de gel, maquilhagem profissional, manicure e pedicure, extensão de pestanas, entre outros.

Conforme nos referiu Margarida Coutinho, as pessoas que mais recorrem à podologia são os idosos e as crianças. “Hoje em dia não temos um público-alvo definido, porque toda a gente vai precisando numa altura ou outra da vida. Mas há sempre maior número de idosos, crianças e atletas, devido à nova tendência de desporto”.

As áreas mais procuradas são o tratamento de onicomicoses, onicocriptoses e onicogrifoses. Na vertente desportiva as palmilhas personalizadas que são cada vez mais procuradas, porque “permitem uma melhor performance desportiva e melhoria na corrida”, explicou a gerente do consultório.

Segundo Margarida Coutinho, os principais objetivos para o futuro são dar a conhecer o espaço a mais pessoas, alargar o número de clientes e tentar “criar um hábito de se ter cuidados com os pés, porque o pé é a base do corpo, é o que nos faz andar, por isso, se não estivermos bem do pé, não vamos estar bem do resto do corpo, até porque o pé não é isolado. Há muitas patologias na coluna que se calhar têm a ver com um problema no pé e muitas vezes as pessoas não sabem isso”. Abrir novos consultórios não faz parte dos planos da empresária a curto e médio prazo, já que “é uma área em que é preciso estar muito presente, não se pode delegar. E eu gosto muito de estar aqui, gosto das pessoas”, afirmou.

Margarida Coutinho confidenciou-nos que o volume de negócios tem sido satisfatório, quando comparado com a época em que trabalhava em casa. “O facto de estarmos numa rua muito movimentada, muito próxima de zona escolar, numa zona de piscina, do campo de futebol e numa zona que é quase de passagem obrigatória é completamente diferente de estar numa zona em que a visibilidade é muito pouca”. Referiu também que a publicidade feita nas farmácias tem sido importante, já que é o local “onde muitas vezes as pessoas vão pedir ajuda em primeiro lugar”.

Além da gerente, a Cambra Pé emprega uma fisioterapeuta e uma especialista em estética, residentes em Vale de Cambra. “São pessoas de cá, tentamos trabalhar com pessoas da terra, porque acho que devemos dar oportunidade às pessoas que nos são mais próximas”.

A Cambra Pé está aberta ao público de segunda a sexta-feira das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 19h00. O horário de funcionamento ao sábado é das 8h00 às 13h00 (podologia) e a parte da estética e fisioterapia funciona durante todo o dia.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*