Grupo de dança do concelho arrecadou 4 mil euros para Bombeiros de Arouca

Depois dos incêndios que deflagraram em Arouca no mês de agosto, muitas foram as ajudas que chegaram aos Bombeiros Voluntários de Arouca um pouco de todo o lado. Sensibilizados com a causa, o grupo “Aerodance” também quis contribuir e fez um peditório porta-a-porta, juntamente com outras alunas do projeto Sílvia Gonçalves – Dança e Movimento, arrecadado cerca de quatro mil euros.

A ideia surgiu de um elemento do grupo de dança “Aerodance” que, depois dos grandes incêndios, queria retribuir a ajuda dos Bombeiros de alguma forma. Partilhou a ideia com Sílvia Gonçalves, responsável por vários grupos de dança no concelho, e o primeiro pensamento foi promover um espetáculo para angariar fundos. Contudo, a ideia foi descartada já que um espetáculo “demoraria algum tempo a organizar e queríamos fazer algo nos dias seguintes aos incêndios, porque se deixássemos passar muito tempo acabaria por cair no esquecimento e as pessoas não ajudavam tanto”, referiu Sílvia Gonçalves em declarações ao nosso jornal.

O grupo considerou depois que um peditório porta-a-porta seria a melhor opção. “Falei com todos os meus grupos para ver quem estaria disponível para ajudar nas várias freguesias e acabamos por fazer os peditórios com cerca de 10 pessoas, em Santa Eulália, Moldes, Arouca, Burgo, Chave e Escariz”, explicou Sílvia Gonçalves, acrescentando que o Grupo de Jovens de Moldes também “ajudou bastante”.

O valor angariado foi de cerca de quatro mil euros, quantia que deixou os Bombeiros Voluntários de Arouca surpreendidos. “Contactamos os Bombeiros para podermos entregar o dinheiro e foi-nos dito que seria melhor numa reunião da direção. Quando chegamos lá com o dinheiro eles ficaram maravilhados. Não estavam a contar com aquele valor, estavam à espera de 200 ou 300 euros”, contou.

Contactado pelo Discurso Directo, Celso Portugal, presidente da direção dos Bombeiros Voluntários de Arouca, afirmou que “foi uma ajuda muito gratificante, numa altura muito difícil para os Bombeiros”, aproveitando para agradecer o gesto. Segundo nos contou, todo o valor resultante dos donativos recebidos depois dos incêndios, será utilizado para a “aquisição de duas ambulâncias e uma viatura de incêndio”.

Sílvia Gonçalves aproveitou também para “agradecer a todas as pessoas que colaboraram na iniciativa e a todas as pessoas que contribuíram. Afinal todos podemos ajudar, basta querer”.

Texto de Andreia Borges

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*